Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

CASA-CE revitaliza estruturas da Coligação

Militantes da CASA-CE em campanha (DR)

A Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral (CASA-CE), na província do Zaire, está a trabalhar na revitalização das suas estruturas de base e intermédias, tendo em vista as primeiras eleições autárquicas no país, previstas para 2020, escreve a Angop.

A afirmação é do seu secretário provincial, Pedro Mavambu, que iniciou, sexta-feira, uma visita de avaliação das estruturas da sua formação política no município do Soyo.

Em declarações à imprensa, o político admitiu que o Soyo é a maior praça eleitoral a nível do Zaire, daí requerer uma maior atenção na mobilização dos seus militantes para interagirem com o eleitorado local, visando os desafios autárquicos.

Acrescentou que a coligação de partidos políticos continua forte e preparada para a disputa política, com a intenção de vencer e administrar parte dos seis municípios da província do Zaire, incluindo o Soyo.

Sobre o quadro social e económico da província, Pedro Mavambu entende que a região precisa de melhorias, sobretudo no domínio do fornecimento da energia eléctrica e do abastecimento de água potável às populações, assim como nos sectores da saúde, educação e na reabilitação das vias rodoviárias.

“Nós, como fiscais do governo, temos acompanhado o seu desempenho, na expectativa de vermos resolvidos os problemas das populações”, assumiu.

Nas Eleições Gerais de Setembro de 2017, a CASA-CE conquistou 23 mil e 463 votos válidos, que a coloca como terceira força política no parlamento angolano, onde detém 16 deputados, contra os oito da anterior legislatura.

O MPLA, partido no poder em Angola, obteve 67 mil e 19 votos válidos, secundado pela UNITA, que angariou 34 mil e 943 votos.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »