Portal de Angola
Informação ao minuto

Huíla sem medicamentos para mais de 100.000 casos de sarna

Huíla sem medicamentos para mais de 100.000 casos de sarna - Angola (RFI)

A província da Huíla assolada pela seca e escassez de água potável, vê-se agora a braços com a peste suína africana e um surto de sarna que atinge mais de 100.000 pessoas, quando os hospitais não possuem medicamentos para tratá-la.

A província da Huíla, no sudoeste de Angola, já afectada pela seca crónica e cíclica, com grande escassez de água potável, está a braços com um surto de sarna, que atinge cerca de 100 mil pessoas em 7 dos seus 14 municípios: Gambos, Caluquembe, Caconda, Chibia, Matala, Humpata e Lubango.

Cerca de 20 mil crianças foram obrigadas a abandonar temporariamente a escola para evitar o alastramento da doença, altamente contagiosa.

O Departamento Provincial de Saúde Pública da Huíla, contactado pela RFI, afirmou ter ordens para não falar à imprensa internacional, mas admitiu na imprensa angolana, que faltam pomadas e antibióticos nos depósitos hospitalares, para combater esta epidemia de sarna.

Um alerta sobre a gravidade da situação já foi enviado ao Ministério da Saúde, pedindo uma intervenção rápida.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »