- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Ásia Estados Unidos apreendem cargueiro norte-coreano por violar sanções

Estados Unidos apreendem cargueiro norte-coreano por violar sanções

As autoridades norte-americanas apreenderam esta semana um navio cargueiro norte-coreano por alegadas violações de sanções da ONU, de acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Um alegado carregamento ilícito de carvão no navio Wise Honest terá motivado a sua apreensão por parte dos americanos. Ao que se sabe o carvão seria vendido a outros países, incluindo a China.

A CNN adianta que os Estados Unidos e a ONU acusam a Coreia do Norte de usar as vendas ilícitas de carvão para financiar o programa de armas nucleares e mísseis balísticos do país.

O Departamento de Justiça norte-americano disse, num comunicado, que a apreensão foi a primeira deste tipo, mas que faz parte de uma campanha de “pressão máxima” sobre o regime da Coreia do Norte.

“Este navio que estava a violar as sanções está fora de serviço”, disse o procurador-geral John Demers, chefe da Divisão de Segurança Nacional do Departamento de Justiça.

“Estamos profundamente comprometidos com o papel que o Departamento de Justiça desempenha ao aplicar pressão máxima ao regime norte-coreano, para cessar sua beligerância”, concluiu.

O Wise Honest, com mais de 17 mil toneladas, é um dos maiores cargueiros da frota da Coreia do Norte e já foi apreendido uma vez, em 2018 pela Indonésia.
Via negocial continua aberta

De acordo com a RTP, o navio está sob custódia norte-americana, mas os EUA asseguram que a sua apreensão não está relacionada com os testes de armamento realizados esta semana na Coreia do Norte.

A Coreia do Norte é alvo de sanções económicas dos Estados Unidos e das Nações Unidas, num esforço internacional com objetivo de negociar o fim do programa nuclear do país de Kim Jong-un.

No entanto, a apreensão do cargueiro pode aumentar as tensões entre os dois países, depois dos testes de armamento norte-coreanos e de Donald Trump afirmar que a Coreia do Norte “não está pronta” a negociar e “abrir mão” das armas nucleares.

A apreensão de quinta-feira aconteceu num momento em que a Coreia tem ameaçado as negociações com os EUA e depois de os líderes dos dois países terem encerrado abruptamente o seu último encontro, numa cimeira no Vietname, quando Trump se recusou a ceder às exigências de Kim Jong-un relativamente ao levantamento de algumas sanções – a menos que a Coreia aceitasse o desmantelamento das suas armas nucleares.

O Presidente norte-americano considera, contudo, que o líder do regime norte-coreano continua disponível a dialogar e a manter as negociações.

“Eu sei que eles querem negociar e que falam sobre as negociações. Mas acho que não estão prontos para negociar”, disse Tump, citado pela Reuters.

Relativamente aos testes de armamento, o Presidente dos Estados Unidos refere que “eram mísseis de curto alcance” mas que “ninguém está feliz com isso” e Washington vai “olhar para isto com atenção”.

- Publicidade -
- Publicidade -

FinCEN Files: Investigação revela como bancos facilitaram transferências de biliões para criminosos

Fuga de informação de mais de dois mil relatórios enviados por bancos ao Governo dos EUA apontam para transferências bancárias de 1,7 biliões de...
- Publicidade -

SIC confirma retirada de canais em Angola

Os canais da SIC vão deixar de ser emitidos pela DStv em Angola a 15 de outubro de 2020, anunciou a plataforma, em mensagem...

Grandes bancos continuam a facilitar branqueamento de capitais, diz investigação do ICIJ

Uma análise a documentos confidenciais produzidos por vários bancos nos Estados Unidos e enviados à agência federal FinCEN mostram como grandes bancos facilitaram o...

Justiça manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

IURD em Angola declarou-se, domingo. "surpresa" com a ordem de encerramento de quatro dos seus templos durante o culto. A justiça angolana ordenou o encerramento...

Notícias relacionadas

FinCEN Files: Investigação revela como bancos facilitaram transferências de biliões para criminosos

Fuga de informação de mais de dois mil relatórios enviados por bancos ao Governo dos EUA apontam para transferências bancárias de 1,7 biliões de...

SIC confirma retirada de canais em Angola

Os canais da SIC vão deixar de ser emitidos pela DStv em Angola a 15 de outubro de 2020, anunciou a plataforma, em mensagem...

Grandes bancos continuam a facilitar branqueamento de capitais, diz investigação do ICIJ

Uma análise a documentos confidenciais produzidos por vários bancos nos Estados Unidos e enviados à agência federal FinCEN mostram como grandes bancos facilitaram o...

Justiça manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

IURD em Angola declarou-se, domingo. "surpresa" com a ordem de encerramento de quatro dos seus templos durante o culto. A justiça angolana ordenou o encerramento...

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo envolvidos em investigação internacional aos grandes bancos

Numa nova investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas, a filha do ex-presidente de Angola é alvo de dois relatórios sobre atividades suspeitas, ambos de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.