Radio Calema
InicioMundoÁsiaEstados Unidos apreendem cargueiro norte-coreano por violar sanções

Estados Unidos apreendem cargueiro norte-coreano por violar sanções

As autoridades norte-americanas apreenderam esta semana um navio cargueiro norte-coreano por alegadas violações de sanções da ONU, de acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Um alegado carregamento ilícito de carvão no navio Wise Honest terá motivado a sua apreensão por parte dos americanos. Ao que se sabe o carvão seria vendido a outros países, incluindo a China.

A CNN adianta que os Estados Unidos e a ONU acusam a Coreia do Norte de usar as vendas ilícitas de carvão para financiar o programa de armas nucleares e mísseis balísticos do país.

O Departamento de Justiça norte-americano disse, num comunicado, que a apreensão foi a primeira deste tipo, mas que faz parte de uma campanha de “pressão máxima” sobre o regime da Coreia do Norte.

“Este navio que estava a violar as sanções está fora de serviço”, disse o procurador-geral John Demers, chefe da Divisão de Segurança Nacional do Departamento de Justiça.

“Estamos profundamente comprometidos com o papel que o Departamento de Justiça desempenha ao aplicar pressão máxima ao regime norte-coreano, para cessar sua beligerância”, concluiu.

O Wise Honest, com mais de 17 mil toneladas, é um dos maiores cargueiros da frota da Coreia do Norte e já foi apreendido uma vez, em 2018 pela Indonésia.
Via negocial continua aberta

De acordo com a RTP, o navio está sob custódia norte-americana, mas os EUA asseguram que a sua apreensão não está relacionada com os testes de armamento realizados esta semana na Coreia do Norte.

A Coreia do Norte é alvo de sanções económicas dos Estados Unidos e das Nações Unidas, num esforço internacional com objetivo de negociar o fim do programa nuclear do país de Kim Jong-un.

No entanto, a apreensão do cargueiro pode aumentar as tensões entre os dois países, depois dos testes de armamento norte-coreanos e de Donald Trump afirmar que a Coreia do Norte “não está pronta” a negociar e “abrir mão” das armas nucleares.

A apreensão de quinta-feira aconteceu num momento em que a Coreia tem ameaçado as negociações com os EUA e depois de os líderes dos dois países terem encerrado abruptamente o seu último encontro, numa cimeira no Vietname, quando Trump se recusou a ceder às exigências de Kim Jong-un relativamente ao levantamento de algumas sanções – a menos que a Coreia aceitasse o desmantelamento das suas armas nucleares.

O Presidente norte-americano considera, contudo, que o líder do regime norte-coreano continua disponível a dialogar e a manter as negociações.

“Eu sei que eles querem negociar e que falam sobre as negociações. Mas acho que não estão prontos para negociar”, disse Tump, citado pela Reuters.

Relativamente aos testes de armamento, o Presidente dos Estados Unidos refere que “eram mísseis de curto alcance” mas que “ninguém está feliz com isso” e Washington vai “olhar para isto com atenção”.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.