Portal de Angola
Informação ao minuto

Centro de hidrocefalia do Kifica suspende cirurgias

(Foto: Lídia Onde)

Centro de tratamento de hidrocefalia, sem condições, fecha as portas às intervenções cirúrgicas, deixando centenas de crianças «ao deus-dará». Responsáveis atiram culpas ao Ministério da Saúde, escreve o Novo Jornal Online.

Os responsáveis do Centro Neurocirúrgico e de Tratamento da Hidrocefalia, o único do género no país, localizado na zona do Kifica, município de Talatona, em Luanda, decidiram suspender, desde o dia 20 de Abril, o tratamento e as intervenções cirúrgicas às centenas de crianças que padecem da enfermidade.

A decisão dos médicos, que actuam como voluntários, vem em forma de protesto ao «silêncio» do Ministério da Saúde, ao qual exigem a gratuidade do diagnóstico e tratamento da hidrocefalia, de modo a reduzir-se o número de crianças vítimas da doença, actualmente avaliado em mais de 400 casos em todo o país.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »