- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Sete pessoas mortas por afogamento em Cambambe

Sete pessoas mortas por afogamento em Cambambe

Angop

Sete pessoas morreram por afogamentos nas últimas duas semanas no rio Kwanza, propriamente no município de Cambambe, província do Cuanza Norte, sendo três decorrentes do naufrágio de embarcações tradicionais.

A informação foi prestada à imprensa hoje, quarta-feira, pelo porta-voz do comando provincial de Protecção Civil e Bombeiros, André da Costa apontando a negligência por parte dos manuseadores de canoas, que se fazem ao rio em estado de embriaguês, excedem o peso da embarcação e procedem ao transporte de pessoas sem recurso a coletes de salva-vidas.

Em relação aos outros afogamentos disse serem resultado do uso insistente de instâncias balneares proibidas, sobretudo nessa época das chuvas em que se regista o aumento do caudal dos rios.

Para inverter o quadro, André da Costa disse que a corporação encontra-se empenhada no reforço da fiscalização das zonas balneares e sensibilização dos cidadãos para abstenção do uso de áreas consideradas de risco a serem sinalizadas para se evitarem afogamentos.

- Publicidade -
- Publicidade -

“O Mali está sob o controlo profundamente cerrado das Forças Armadas”

O Presidente de transição do Mali, nos próximos 18 meses, vai ser o coronel na reserva, Bah N’Daw, auxiliado pelo vice-presidente que é o...
- Publicidade -

Dois policiais são baleados durante protestos em Louisville, nos EUA

Nesta quarta-feira (23), dois policiais foram baleados durante protestos em andamento em Louisville, nos Estados Unidos. As manifestações ocorrem após condenação de apenas um...

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie McCann

O caso Maddie conheceu novos desenvolvimentos no início de Junho, com a identificação de Christian B., 43 anos, um pedófilo reincidente já condenado por...

Chuva deixa destruição na Guiné-Bissau

As chuvas torrenciais que se registaram, nos últimos tempos, na Guiné-Bissau, deixaram marcas de destruição. Da capital, Bissau, ao interior do país, cerca de mil...

Notícias relacionadas

“O Mali está sob o controlo profundamente cerrado das Forças Armadas”

O Presidente de transição do Mali, nos próximos 18 meses, vai ser o coronel na reserva, Bah N’Daw, auxiliado pelo vice-presidente que é o...

Dois policiais são baleados durante protestos em Louisville, nos EUA

Nesta quarta-feira (23), dois policiais foram baleados durante protestos em andamento em Louisville, nos Estados Unidos. As manifestações ocorrem após condenação de apenas um...

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie McCann

O caso Maddie conheceu novos desenvolvimentos no início de Junho, com a identificação de Christian B., 43 anos, um pedófilo reincidente já condenado por...

Chuva deixa destruição na Guiné-Bissau

As chuvas torrenciais que se registaram, nos últimos tempos, na Guiné-Bissau, deixaram marcas de destruição. Da capital, Bissau, ao interior do país, cerca de mil...

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.