- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Malnutrição causa mais de 30 mortos no Cunene

Malnutrição causa mais de 30 mortos no Cunene

Um total de 36 crianças, dos seis meses aos cinco anos, morreu de malnutrição no primeiro trimestre deste ano, na província do Cunene, informou ontem o supervisor do programa de combate à doença do Gabinete Provincial da Saúde, Teófilo Emílio, escreve o JA.

O supervisor afirmou que, em relação ao ano passado, registou-se um aumento considerável, pois houve apenas 10 casos de óbitos no período homólogo. Disse que a chegada tardia dos pacientes às unidades sanitárias e a falta de produtos terapêuticos, como a papa Plumply-Nut, entre outros, são factores que contribuem para o aumento de vítimas mortais.

Teófilo Emílio indicou que, no referido período, registou-se 742 casos de malnutrição, ao passo que no mesmo espaço de tempo em 2017 houve 1.538 pacientes. Disse que a insegurança alimentar, desmame precoce e doenças diarreicas agudas têm sido os factores mais relevantes do surgimento da malnutrição.

A falta de agentes comunitários que identifiquem pessoas desnutridas nas comunidades também é uma das lacunas no combate à doença.

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...
- Publicidade -

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Notícias relacionadas

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Mali: Presidente e vice-presidente de transição já tomaram posse

Esta sexta-feira, no Mali, vão tomar posse o novo presidente de transição, o general na reserva Bah N’Daw, e o novo-vice-presidente, o coronel Assimi...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.