- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia BHP é processada em US$ 6,5 bi no Reino Unido por desastre...

BHP é processada em US$ 6,5 bi no Reino Unido por desastre de Mariana

Uma acção colectiva no valor de 5 biliões de libras contra o gigante anglo-australiano da mineração BHP-Billiton foi apresentada no Reino Unido, nesta quarta-feira (8), pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em 2015, tragédia na qual 19 pessoas morreram.

“A BHP confirma que os detalhes legais de uma acção foram apresentados no Tribunal de Negócios e Propriedade de Liverpool”, no noroeste da Inglaterra, anunciou o grupo em um comunicado citado pela AFP. “A BHP tem a intenção de se defender”, acrescentou.

A demanda colectiva, uma das maiores na história legal do Reino Unido, foi iniciada em Novembro, mas seus detalhes vieram à tona apenas esta semana. A acção foi apresentada pelo escritório de advogados SPG Law, com sede em Liverpool.

Um advogado desse escritório explicou à AFP que a SPG Law exige da BHP 5 biliões de libras (cerca de 6,5 biliões de dólares) em danos e prejuízos em nome de cerca de 250 mil demandantes. Esse grupo inclui 240.000 indivíduos, 24 prefeituras, 11.000 empresas, uma arquidiocese católica e a comunidade indígena Krenak.

Embora tenham sido apresentadas acções civis no Brasil, “os demandantes acreditam que têm mais chance de obter uma indemnização justa e rápida no Reino Unido do que em seu país, onde os tribunais podem levar mais de uma década para ditar uma sentença e as ofertas de indemnização são muito inferiores aos danos sofridos”, explicou o escritório na nota.

A acção se dirige contra a BHP, como co-proprietária, junto com o grupo brasileiro Vale, da companhia mineradora Samarco. A empresa era administradora da barragem de resíduos de mineração que se rompeu em 5 de Novembro de 2015, contaminando o rio Doce e causando o pior desastre ambiental da história do país.

Outra acção colectiva foi apresentada contra a BHP na Austrália por cerca de 3.000 investidores em Julho de 2018.

- Publicidade -
- Publicidade -

Espionagem: os telefones ultra-seguros dos presidentes africanos

Entre a vigilância de oponentes e terroristas, o suculento mercado de espionagem em África Em África, o mercado das “orelhas grandes” está a crescer....
- Publicidade -

Boston vence Heat e reduz desvantagem

Ao vencerem na madrugada deste domingo os Miami Heat, por 117-106, os Boston Celtic reduziram para 1-2 a desvantagem nos "play-offs" a melhor de...

Porto entra a vencer no Dragão

O FC do Porto recebeu e venceu sábado, no estádio do dragão o Braga por 3-1, jogo referente a primeira jornada da Liga Nos...

Covid-19: Angola regista 53 novos casos e dois recuperados

As autoridades sanitárias anunciaram o registo, nas últimas 24 horas, de 53 novas infecções e dois recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...

Notícias relacionadas

Espionagem: os telefones ultra-seguros dos presidentes africanos

Entre a vigilância de oponentes e terroristas, o suculento mercado de espionagem em África Em África, o mercado das “orelhas grandes” está a crescer....

Boston vence Heat e reduz desvantagem

Ao vencerem na madrugada deste domingo os Miami Heat, por 117-106, os Boston Celtic reduziram para 1-2 a desvantagem nos "play-offs" a melhor de...

Porto entra a vencer no Dragão

O FC do Porto recebeu e venceu sábado, no estádio do dragão o Braga por 3-1, jogo referente a primeira jornada da Liga Nos...

Covid-19: Angola regista 53 novos casos e dois recuperados

As autoridades sanitárias anunciaram o registo, nas últimas 24 horas, de 53 novas infecções e dois recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...

Flávio Fortes, andebolista cabo-verdiano quer triunfar na liga francesa e no Mundial

Os diferentes campeonatos de andebol em França já estão em andamento, quer em masculinos, quer em femininos. Na liga francesa de Nationale 1, terceiro...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.