- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal ASAE apreende mais de 400 mil ovos

ASAE apreende mais de 400 mil ovos

JN

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou, em abril, quatro contraordenações e apreendeu 402 mil ovos por falta ou deficiente marcação, falta de rastreabilidade e ausência de requisitos em géneros alimentícios, no valor de 25500 euros.

Em comunicado divulgado esta terça-feira, a ASAE adianta que as ações de fiscalização foram realizadas nos centros de classificação e embalamento de ovos da região centro.

“Como resultado foram instaurados quatro processos de contraordenação e apreendidos em locais distintos cerca de 402 mil ovos”, nomeadamente 369.540 ovos por falta de marcação, 16.200 ovos por falta de rastreabilidade, mil por falta de requisitos em géneros alimentícios e 14.940 por deficiente marcação.

Através de código impresso nas embalagens e nos ovos, os consumidores devem ter informação sobre o país de origem do produto, em que condições foram criadas as galinhas e qual a zona de exploração de onde os ovos são originários, sendo ainda obrigatória a indicação da data de durabilidade dos ovos não podendo a mesma exceder o prazo de 28 dias relativamente à data de postura.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19 atrasa processo dos novos professores na Lunda Norte

O processo de inserção dos 489 novos professores no sistema financeiro, na província da Lunda Norte, está condicionado a recepção da documentação enviada aos...
- Publicidade -

ONU: Bolsonaro responsabiliza imprensa pela crise da Covid no Brasil

Na manhã desta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) discursou na Assembleia Geral da ONU e usou seu espaço para rebater críticas...

Dinheiro destinado às calamidades pode ser desviado, alerta o CIP

O Centro de Integridade Pública (CIP), acusa o Governo moçambicano de negligenciar a protecção social e alerta que se não forem tomadas medidas, o...

BDA disponibiliza AKZ 900 milhões para cooperativas agrícolas

O Banco de Desenvolvimento Angolano (BDA) disponibilizou, esta terça-feira, 900 milhões de Kwanzas (Akz) para financiar 18 cooperativas agrícolas da província do Huambo, no...

Notícias relacionadas

Covid-19 atrasa processo dos novos professores na Lunda Norte

O processo de inserção dos 489 novos professores no sistema financeiro, na província da Lunda Norte, está condicionado a recepção da documentação enviada aos...

ONU: Bolsonaro responsabiliza imprensa pela crise da Covid no Brasil

Na manhã desta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) discursou na Assembleia Geral da ONU e usou seu espaço para rebater críticas...

Dinheiro destinado às calamidades pode ser desviado, alerta o CIP

O Centro de Integridade Pública (CIP), acusa o Governo moçambicano de negligenciar a protecção social e alerta que se não forem tomadas medidas, o...

BDA disponibiliza AKZ 900 milhões para cooperativas agrícolas

O Banco de Desenvolvimento Angolano (BDA) disponibilizou, esta terça-feira, 900 milhões de Kwanzas (Akz) para financiar 18 cooperativas agrícolas da província do Huambo, no...

Transporte procura alterar a Lei da Marinha Mercante e portos

O Ministério dos Transportes está, actualmente, a proceder à alteração da Lei da Marinha Mercante e Portos, além de outras iniciativas, como a necessidade...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.