- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Moxico: Falta de combustível desacelera produção dos sectores

Moxico: Falta de combustível desacelera produção dos sectores

Os sectores produtivos públicos e privados, que operam na província do Moxico, registam uma desaceleração da sua normal produção, devido a falta de energia eléctrica que se faz sentir desde a passada terça-feira, na cidade do Luena, por falta de combustível.

De acordo com Angop, a emissão da Emissora Provincial da Rádio Nacional de Angola (RNA), por exemplo, já é realizada no sistema “anda – pára”, obedecendo as vias alternativas disponíveis para poder servir ao público.

Os proprietários das câmaras frigoríficas que abastecem os produtos perecíveis à população estão a optarem por sistema alternativos “Grupos geradores particulares” para poder conservar e comercializar em condições as suas mercadorias.

Para além da falta de iluminação pública, os munícipes queixam-se de registarem enormes prejuízos de produtos perecíveis adquiridos para o consumo familiar, em consequência da carência de energia domiciliar.

Enquanto isso, alguns utentes de meios rolantes que consomem combustível (gasóleo e gasolina), começaram a parqueá-los, optando movimentar-se a pé, das suas áreas de residência para os serviços e outros destinos.

Em função da impossibilidade de aquisição do combustível, os serviços de taxistas “azuis e brancos” e moto táxis, vulgo “Kupapatas”, também começaram a ser restringidos a nível da cidade do Luena e seus bairros periféricos.

O maior “apagão” foi observado a na sexta-feira, período em que as três centrais térmicas que fornecem a energia eléctrica à cidade da paz deixaram de funcionar em pleno, por mesmo motivo.

Em declarações hoje, domingo, à Angop, o director do Gabinete Provincial de Infra-estruturas e Serviços Técnicos, Victor Pedro, sem avançar a data provável para solução do problema disse que a situação afecta toda região leste do país.

Explicou que o sector que dirige já informou às estruturas centrais de tutela para poder solucionar o “déficit” de combustível que a província enfrenta.

Fez saber que neste momento, a cidade do Luena está ser abastecida por fases, em 9.53 MW, através da alternativa da energia produzida pela central “Hyundai” (5.12MW), hidroeléctrica de Tchihumbué (2.2), ERA (2.21), estando fora de circuito as centrais termicas de caterpillar e a do Luau.

Os bairros Capango, Nzaji, Aço, Samalesso, Sangondo, Santa Rosa, Popular e Zorrô, são os mais afectados, por défice de potência na geração de energia eléctrica.

- Publicidade -
- Publicidade -

Joelma diz que teve pulmão, visão e mente afectadas pela Covid-19

Joelma, 46, contou que segue com sequelas geradas pela Covid-19, doença causada pelo coronavírus. A cantora revelou em Agosto que tinha sido diagnosticada com...
- Publicidade -

Covid-19: Países europeus dão um passo atrás e voltam a impor restrições

O número de novas infecções por covid-19 voltou a disparar em quase todos os países, alguns com novos recordes, como a França ou o...

PGR pede ao STF abertura de inquérito contra ministro da Educação por homofobia

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, pediu a abertura de um inquérito contra o ministro da Educação, Milton Ribeiro, por homofobia, após...

Psicólogos prestam apoio terapêutico gratuito às famílias

O núcleo da Ordem dos Psicólogos do Cuanza Norte anunciou, este sábado, apoio terapêutico gratuito às famílias, como medida de contenção da tendência de...

Notícias relacionadas

Joelma diz que teve pulmão, visão e mente afectadas pela Covid-19

Joelma, 46, contou que segue com sequelas geradas pela Covid-19, doença causada pelo coronavírus. A cantora revelou em Agosto que tinha sido diagnosticada com...

Covid-19: Países europeus dão um passo atrás e voltam a impor restrições

O número de novas infecções por covid-19 voltou a disparar em quase todos os países, alguns com novos recordes, como a França ou o...

PGR pede ao STF abertura de inquérito contra ministro da Educação por homofobia

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, pediu a abertura de um inquérito contra o ministro da Educação, Milton Ribeiro, por homofobia, após...

Psicólogos prestam apoio terapêutico gratuito às famílias

O núcleo da Ordem dos Psicólogos do Cuanza Norte anunciou, este sábado, apoio terapêutico gratuito às famílias, como medida de contenção da tendência de...

Moçambique repele novo ataque em Cabo Delgado

Enquanto Moçambique pede apoio à União Europeia para combater o terrorismo em Cabo Delgado, as forças de defesa e segurança repeliram nas últimas horas...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.