- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ciências e Tecnologia O Facebook e Instagram eliminaram contas de “indivíduos perigosos"

O Facebook e Instagram eliminaram contas de “indivíduos perigosos”

O Facebook baniu as contas de várias personalidades, conotadas como “indivíduos perigosos” e “divulgadores de teorias conspirativas”, uma proibição que também abrange as suas contas no Instagram, escreve a Euronews.

Em conferência de imprensa, um dos representantes do Facebook fez saber, que o processo de avaliação de potenciais prevaricadores é extenso, e foi o que os levou à decisão de remover estas contas na última quinta-feira

Constam da lista de pessoas “alegadamente perigosos e promotoras de discursos que incitam a violência e ódio” o radialista Alex Jones, fundador do site Infowars, o britânico Milo Yiannopoulos, e o extremista muçulmano afro-americano Louis Farrakhan entre muitos outros.

- Publicidade -
- Publicidade -

Portugal regista mais 3 mortes e 691 casos de covid-19

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de um total de 1.931 mortes e 71.156 casos de covid-19 em Portugal desde...
- Publicidade -

Assassino de John Lennon pede desculpa 40 anos depois do crime

Mark David Chapman assassinou John Lennon com quatro tiros na noite de 8 de Dezembro de 1980 em Nova Iorque, à frente da mulher...

Covid-19 atrasa processo dos novos professores na Lunda Norte

O processo de inserção dos 489 novos professores no sistema financeiro, na província da Lunda Norte, está condicionado a recepção da documentação enviada aos...

ONU: Bolsonaro responsabiliza imprensa pela crise da Covid no Brasil

Na manhã desta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) discursou na Assembleia Geral da ONU e usou seu espaço para rebater críticas...

Notícias relacionadas

Portugal regista mais 3 mortes e 691 casos de covid-19

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de um total de 1.931 mortes e 71.156 casos de covid-19 em Portugal desde...

Assassino de John Lennon pede desculpa 40 anos depois do crime

Mark David Chapman assassinou John Lennon com quatro tiros na noite de 8 de Dezembro de 1980 em Nova Iorque, à frente da mulher...

Covid-19 atrasa processo dos novos professores na Lunda Norte

O processo de inserção dos 489 novos professores no sistema financeiro, na província da Lunda Norte, está condicionado a recepção da documentação enviada aos...

ONU: Bolsonaro responsabiliza imprensa pela crise da Covid no Brasil

Na manhã desta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) discursou na Assembleia Geral da ONU e usou seu espaço para rebater críticas...

Dinheiro destinado às calamidades pode ser desviado, alerta o CIP

O Centro de Integridade Pública (CIP), acusa o Governo moçambicano de negligenciar a protecção social e alerta que se não forem tomadas medidas, o...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.