- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade INADEC desaconselha produtos da Jefran

INADEC desaconselha produtos da Jefran

O Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) desaconselha os cidadãos a aderirem aos produtos e serviços imobiliários publicitados pela empresa Jefran, LD, por estar a responder um processo de reclamação de consumidores.

Num documento que a Angop teve hoje acesso, o INADEC indica que o conteúdo das referidas publicidades constitui um acto de desobediência à decisão administrativa tomada por este instituto, que goza do Estatuto de Autoridade Pública, nos termos do artigo 35ª da Lei nº 15/03, de 22 de Julho – Lei da Defesa do Consumidor, bem como publicidade enganosa e indício de burla.

Nesta perspectiva, corre trâmites no INADEC um processo que atende a 354 reclamações oriundas de consumidores lesados pela Jefran, por não entregar aos clientes imóveis pagos desde 2012.

Por esta razão, apela-se aos consumidores a não aderirem aos projectos divulgados na campanha enquanto durar o processo, sob pena de verem frustradas as suas expectativas de obtenção de casa própria.

Em função do incumprimento contratual recaiu a Jefran uma decisão administrativa que, para além da aplicação de certas medidas, foi cumulativamente determinada a suspensão de toda actividade económica da aludida empresa, por um período de 12 meses.

Noutra nota, o INADEC alerta os fornecedores de bens e os prestadores de serviços a denunciarem às autoridades policiais todas as ocorrências que envolvam supostos fiscais ou inspectores não identificados como funcionários públicos que se apresentarem nos seus estabelecimentos com manifesta intenção de extorquir valores ou bens para que se tomem as competentes medidas criminais.

- Publicidade -
- Publicidade -

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...
- Publicidade -

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Notícias relacionadas

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.