- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política MPLA Bureau Político do MPLA felicita trabalhadores angolanos

Bureau Político do MPLA felicita trabalhadores angolanos

Numa nota enviada ao Portal de Angola, o Bureau Político do MPLA endereça uma saudação especial e solidária a todos os trabalhadores angolanos, particularmente aos empreendedores económicos, pelo seu trabalho abnegado em prol do desenvolvimento integral de Angola.

O Bureau Político do MPLA, lê-se na mesma nota, tem vindo a acompanhar com atenção os esforços do Executivo, liderado pelo Camarada Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, tendentes à recuperação económica de Angola, mediante a aprovação e implementação de várias medidas de carácter económico e social, cuja finalidade é a melhoria das condições de vida dos cidadãos.

Neste dia, continua a nota, o Bureau Político reitera o compromisso do MPLA de continuar a promover uma política laboral que garanta a igualdade de oportunidades para os jovens à procura do primeiro emprego, desempregados, portadores de deficiência e trabalhadores abrangidos pelo processo de privatização, redimensionamento ou reestruturação empresarial.

O Bureau Político do MPLA saúda o Executivo, pela aprovação, a 16 de Abril último, do Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE) em Angola e encoraja-o a priorizar o sector produtivo da economia nacional, em detrimento da administração pública, para que seja um instrumento determinante no fomento e apoio ao espírito de iniciativa da juventude angolana.

Face aos novos desafios que Angola enfrenta, o MPLA intensificará a sua acção no estímulo à formação profissional, como instrumento de valorização humana, de progresso social e de política económica, favorecendo o aumento da produtividade, a dignificação dos trabalhadores, a valorização das profissões e ocupações úteis à sociedade, a melhoria da qualidade do emprego e o alargamento da renda familiar.

No actual contexto de moralização da sociedade angolana e de combate à corrupção e à impunidade, o MPLA continuará a valorizar a promoção do emprego produtivo, remunerador e socialmente útil, considerando o diálogo permanente entre a classe empregadora e os trabalhadores como um dos mecanismos a aprimorar, na busca de soluções aos principais problemas nos locais de trabalho.

- Publicidade -
- Publicidade -

Nigéria: Produtores de dendém elogiam Buhari por capacitar os pequenos agricultores

A Associação de Produtores de óleo de palma da Nigéria (OPGAN) elogiou o Presidente Muhammadu Buhari e o Banco Central da Nigéria (CBN) por...
- Publicidade -

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Notícias relacionadas

Nigéria: Produtores de dendém elogiam Buhari por capacitar os pequenos agricultores

A Associação de Produtores de óleo de palma da Nigéria (OPGAN) elogiou o Presidente Muhammadu Buhari e o Banco Central da Nigéria (CBN) por...

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.