Radio Calema
InícioEconomiaPesca continental na Huíla com baixos níveis de captura

Pesca continental na Huíla com baixos níveis de captura

Vinte e dois mil e 362 quilogramas de peixe diverso foram capturadas de Janeiro a Março deste ano, na província da Huíla, contra as quatro mil e 33 quilogramas de igual período em 2018.

Em declarações segunda-feira, à Angop, o chefe do departamento de pesca da direcção provincial da Agricultura, José Maria Kandungu, fez saber que os baixos níveis de captura nos rios desta região resultam da falta de equipamentos.

Sublinhou que o mercado não dispõe de meios como redes, canoas e bóias. O material existente é antigo e carece de substituição, pois os praticantes artesanais desde 2017 que não renovam os meios, na altura dados pelo ministério de tutela.

Dentre as espécies capturadas constam oito mil e 856 quilogramas de quimaia, seis mil e 275 kg de bagre, duas mil e 376 kg de peixe tigre, mil 490 kg de peixe cão, mil e 219 kg de vimimia, mil e 15 kg de sardinha, 635 kg de banda, 365 kg de vimbumba, 125 kg de tainha e seis kg de tainha.

Afirmou que tais quantidades foram capturadas nos municípios da Humpata, Quipungo, Matala, Jamba, Chicomba e Cuvango, onde existem mais de 40 associações afins e a província em si possui uma hidrografia caracterizada por ecossistemas aquáticos, promotor de recursos biológicos que podem ser explorados de um modo responsável e sustentável.

Por está razão, destacou aventar-se a possibilidade da realização de uma formação sobre aquicultura no dia 27 de Maio do ano em curso, dirigida a técnicos do sector e criadores de peixe nos 14 municípios da província, sob a égide do Ministério das Pescas.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.