InicioAngolaPolíticaBispo de Viana pede luta contra injustiças sociais

Bispo de Viana pede luta contra injustiças sociais

O novo bispo da Diocese de Viana, D. Emílio Sumbelelo, exortou ontem, no Pavilhão Multiusos do Kilamba, no município de Belas, os governantes a reforçarem as acções de combate às assimetrias e injustiças sociais, à pobreza e ao sofrimento nas comunidades.

De acordo com o JA, D. Emílio Sumbelelo, que falava durante a cerimónia de apresentação como o segundo bispo da Diocese de Viana, em acto assistido pelo governador de Luanda, Sérgio Luther Rescova, entre outras individualidades políticas e religiosas, apelou igualmente aos governantes a banirem as “querelas inúteis”, para darem maior atenção aos verdadeiros problemas que assolam as populações.

Substituto de D. Joaquim Ferreira Lopes, que renunciou ao cargo por razões de saúde e passou a bispo emérito de Viana, D. Sumbelelo realçou a necessidade de os dirigentes trabalharem para uma sociedade mais solidária, em que “o pão seja partilhado e abunde à mesa de todos”.

O prelado assegura que o Governo Provincial de Luanda e as administrações municipais de Viana, Belas e Quiçama, territórios da Diocese, podem contar com a pronta disposição e cooperação da Igreja, principalmente nas áreas da moralização e resgate de valores.

Para que a Igreja participe na sociedade e a ajude a ser mais justa, o bispo chama a atenção para que se dê maior abertura à liberdade religiosa. Com isso, acredita ser possível transformar a “Cidade de Deus na cidade dos homens”, como apregoava Santo Agostinho.

D. Emílio Sumbelelo, sacerdote há 28 anos e bispo da Diocese do Uíge por 11, pediu ao povo para reforçar a crença em Deus, por ser o único segredo para se vencerem os desafios da vida.

Natural do município do Cubal, Benguela, o novo bispo de Viana, nomeado em Fevereiro deste ano pelo Papa Francisco, completou 55 anos em Março.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.