Portal de Angola
Informação ao minuto

Brasil: Bolsonaro assina decreto que extingue horário de verão

(Foto: Adriano Machado/Reuters)

Bolsonaro justificou a decisão com a poupança energética e o relógio biológico da população.

De acordo com a TSF que aponta a Lusa como fonte, o Brasil extinguiu hoje a adopção do horário de verão, num decreto assinado pelo Presidente Jair Bolsonaro, em Brasília, tendo a decisão sido baseada na poupança energética e no relógio biológico da população brasileira.

“As conclusões foram coincidentes. Na questão de economia, (…) não tinha mais razão de ser [permanência do horário de verão], não se poupava mais energia. E, na área de saúde, mesmo sendo uma hora apenas, mexia com o relógio biológico das pessoas”, afirmou Bolsonaro, numa cerimónia no Palácio do Planalto, transmitida na rede pública de televisão.

O Presidente brasileiro disse que foram elaborados estudos que corroboraram a sua opinião acerca da extinção do horário de verão no país sul-americano, já a partir deste ano.

“Procurámos aqui o nosso ministro das Minas e Energia, almirante Bento, e ele fez um estudo, na parte técnica desse sentido. Procurámos também a área da Saúde, para ver até que ponto isso [mudança da hora] alterava o relógio biológico das pessoas”, reforçou Jair Bolsonaro.

No início do mês, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, informou que o Ministério de Minas e Energia tinha realizado um estudo, segundo o qual 53% dos entrevistados pediram o fim do horário de verão.

O fim do horário de verão chegou a ser avaliado em 2017 pelo Governo do ex-presidente Michel Temer, quando o Ministério de Minas e Energia brasileiro anunciou que a poupança de energia tinha diminuído de 405 milhões de reais (cerca de 93 milhões de euros) para 159 milhões de reais (36,5 milhões de euros).

O motivo da descida na poupança de energia foi a mudança no perfil do seu uso, sendo que os picos de consumo estavam nas horas mais quentes do dia, devido à utilização do ar condicionado.

O horário de verão foi aplicado no Brasil em 1931 com o intuito de economizar energia, a partir do aproveitamento de luz solar no período mais quente do ano. Desde então, tem-se mantido.

Geralmente, o horário de verão no país sul-americano ocorre entre Outubro e Fevereiro, quando os relógios devem ser adiantados uma hora, e vigora nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Em 2018, o início de vigência do horário de verão teve de ser alterado para não coincidir com a data das eleições presidenciais.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »