Portal de Angola
Informação ao minuto

Moradores do Sequele pedem antigo retorno

Em alguns troços da Avenida Fidel de Castro a erosão progride e põe em risco o asfalto (Fotografia: Contreiras Pipas|Edições Novembro)

“É desgastante fazer este percurso todos os dias.” O lamento de Carla Tavares reflecte o estado de aborrecimento dos moradores da cidade do Sequele, manifestado diariamente.

Segundo o JA, a abertura, há mais de um ano, de um novo retorno rodoviário, que substituiu o que estava junto à entrada da cidade do Sequele, é a causa do descontentamento dos moradores da nova urbanização do município de Cacuaco.

Os automobilistas que se deslocam à cidade do Sequele percorrem, no sentido Cacuaco-Benfica, cerca de cinco quilómetros, a partir do antigo retorno, para chegar ao novo, fazendo depois, na outra faixa de rodagem, a mesma distância até à entrada da via de oito quilómetros que dá acesso à cidade do Sequele.

A abertura do novo retorno e o encerramento do anterior ocorreram por altura da reabilitação profunda da avenida Fidel Castro, há mais de um ano, trabalho de execução central e acompanhado pelo Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA).

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »