Portal de Angola
Informação ao minuto

Antigos combatentes solicitam apoio do governo

ACTIVIDADE AGRÍCOLA (ARQUIVO). (DR)

Angop

Os antigos combatentes e veteranos da pátria residentes no município de Icolo e Bengo, em Luanda, solicitaram hoje (quinta-feira) ao governo apoio para a implementação de programas de melhoria da actividade agrícola, entre outros.

Os veteranos, que falavam no encontro de apresentação do novo director do gabinete provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Baptista Adão Correia, clamaram, também, pela subida dos actuais subsídios que auferem (20 mil Kwanzas) para 100 mil Kz.

O encontro, realizado no centro cultural António Agostinho Neto, em Catete, teve como objectivo a auscultação dos problemas que afligem os antigos combatentes.

Os participantes ao encontro solicitaram, igualmente, a instalação de um instituto superior e a construção de projectos habitacionais e de infraestruturas para a geração de emprego.

Ao tomar a palavra, Baptista Adão Correia disse que o governo provincial está a auscultar os associados para poder trabalhar na melhoria das suas condições de vida, fundamentalmente nos domínios dos serviços sociais básicos.

Já o antigo guerrilheiro Gaspar Junqueira lamentou o facto de, passados 44 anos da proclamação da independência nacional, não ter tido nenhum benefício, nem nada que lhe honrasse como veterano de guerra.

Para Carlos Luís Domingos, outro antigo combatente, os elevados índices de criminalidade que se registam no país têm origem no elevado custo de vida.

“Os nossos filhos não têm emprego, estão frustrados. Muitos se tornaram delinquentes porque os pais ganham uma miséria e a mãe é camponesa, com dificuldades de cultivar a terra por falta de instrumentos de lavoura”, lamentou.

O gabinete municipal de Icolo e Bengo dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria tem cadastrados 520 membros.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »