Portal de Angola
Informação ao minuto

Homem detido por atirar neto de dois anos para forno que estava em chamas

Imagem ilustrativa (DR)

De acordo com o Sol, um homem de 53 anos foi detido em Omsk, na Rússia, por atirar o seu neto, de dois anos, para um forno em chamas. O suspeito alega que viu “o diabo na criança”.

A criança, Maxim Sagalakov, foi resgatada, mas encontra-se em estado grave, depois de sofrer queimaduras em mais de 50% do corpo. Segundo o porta-voz do departamento de saúde regional de Omsk, Svetlana Ospennikov, citado pelo Mirror, o bebé está a lutar pela vida e encontra-se ligado a uma máquina que o ajuda a respirar, uma vez que está em coma.

“Ele está em grave estado. É muito cedo para fazer previsões. Os médicos estão a fazer de tudo para aliviar o sofrimento da criança”, disse o responsável.

De acordo com o mesmo jornal, os avós, que estavam responsáveis pela criança estariam a consumir bebidas alcoólicas e, depois de começar a dizer que “viu o diabo” no neto, o homem expulsou a esposa de casa e cometeu o crime.

Foi a mulher, em conjunto com uma vizinha, que encontrou a criança quando conseguiu regressar a casa e impediu a morte da mesma.

Segundo fonte policial, o homem foi detido num estado de “intoxicação alcoólica”.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »