Radio Calema
InícioAngolaPolíticaZaire: Comandante da RMN desencoraja auxílio à imigração ilegal

Zaire: Comandante da RMN desencoraja auxílio à imigração ilegal

O comandante da Região Militar Norte (RMN), tenente general David Manuel Cavanda, instou no sábado, no município do Cuimba, província do Zaire, os efectivos da 52ª Brigada da II Divisão de Infantaria a absterem-se de actos que propiciem a promoção e auxílio à imigração ilegal.

Segundo escreve Angop, o oficial superior das Forças Armadas Angolanas (FAA), fez este apelo durante o discurso que marcou a abertura do ciclo de conferências e palestras no seio das forças castrenses, no âmbito da terceira edição da campanha “Eu Amo a Vida”.

De acordo com o comandante, o militar deve sentir-se vinculado à dupla responsabilidade: respeitar às normas comuns da sociedade civil, cumprir e fazer cumprir as leis.

Para isso, o comandante da Região Militar Norte das Forças Armadas Angolanas apelou a uma sã convivência pacífica entre o militar e o cidadão.

Quanto a terceira edição da campanha “Eu Amo a Vida”, que oficialmente arrancou a 06 de Março do presente ano, o comandante lembrou que esta visa essencialmente moralizar não só os efectivos das FAA como também a sociedade civil na mudança de atitudes.

“Vamos todos caminhar para a defesa do bem comum”, enfatizou.

A primeira edição da campanha “Eu Amo a Vida” decorreu entre 2016 e 2017, ao passo que a segunda foi realizada em 2018. Tem como propósito, despertar a consciência patriótica no seio dos efectivos das FAA sobre o respeito aos símbolos nacionais, virtudes militares, disciplina, respeito à hierarquia, entre outros valores.

Participaram no acto, altas patentes das Forças Armadas Angolanas e da Polícia Nacional, bem como membros da Administração Municipal do Cuimba.

O município do Cuimba dista a 62 quilómetros da cidade de Mbanza Kongo, sede provincial.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.