Portal de Angola
Informação ao minuto

São Tomé e Príncipe: ADI exige a libertação do antigo ministro Américo Ramos

Vigilia ADI, São Tomé e Principe (DR)

VOA | Óscar Medeiros

O partido Acção Democrática Independente (ADI) na oposição em São Tomé e Príncipe está a promover noites de vigília para exigir a libertação do antigo ministro das Finanças, Comércio e Economia azul, Américo Ramos.

Dezenas de dirigentes e militantes desta força política pretendiam concentrar-se na noite passada na praça em frente ao gabinete do Primeiro-ministro, mas foram impedidos pela policia.

Américo Ramos está detido há quinze dias na cadeia central de São Tomé acusado de prática de vários crimes de natureza financeira na assinatura de dois contratos de empréstimo ao Estado no valor de 47 milhões de dólares.

O polémico caso provocou um conflito entre a Polícia Judiciária e o ministério público, e também entre o Presidente da Republica e o Governo.

A prisão de Américo Ramos aumentou a tensão política no país e a revolta dos dirigentes e militantes do ADI.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »