Portal de Angola
Informação ao minuto

Parlamento moçambicano aprova votação de governadores provinciais

Parlamento moçambicano (DR)

VOA

O parlamento moçambicano aprovou, em definitivo o pacote legislativo visando a eleição de governadores das províncias do país.

Deste modo, a partir das eleições gerais de Outubro deste ano, os governadores provinciais deixam de ser nomeados pelo governo central.

É uma reforma que surge no quadro da descentralização política que vinha sendo reivindicada pela Renamo. Foi inicialmente chancelada no diálogo político entre este partido e o governo.

O pacote foi aprovado por consenso das três bancadas parlamentares, que até ao limite estavam divididas, por causa da figura de Secretário de Estado, vai representar o governo central.

A Renamo não concordava que parte das competências do governador passassem ao Secretário de estado, até 2024, altura em que os administradores, também passam a ser eleitos.

No fim, ficou decidido que o Conselho de Ministros irá definir, até 2024, a estrutura orgânica do governo distrital e o ministro da Administração Estatal passará a nomear o secretário permanente distrital, directores dos serviços distritais, entre outros órgãos locais.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »