Portal de Angola
Informação ao minuto

Líder de facção da FNLA quer intervençao de presidente de Portugal

Lucas Ngonda, presidente da FNLA (DR)

O presidente de uma facção da FNLA quer a intervenção do presidente de Portugal para resolver a crise que dividiu este partido histórico de Angola, escreve a VOA.

Fernando Pedro Gomes foi eleito presidente da FNLA num congresso realizado por elementos do Comité Central do partido que contudo não foi reconhecido pela facção oficial de Lucas Ngonda que aliás continua a representar o partido no único lugar que a FNLA possui na Assembleia Nacional.

O congresso organizado pelo Comité Central do partido em Junho de 2018 elegeu como presidente da FNLA Fernando Pedro Gomes, na mesma altura em que no Huambo um outro grupo realizava um congresso já anulado pelo Tribunal Constitucional.

A caminho do décimo mês o Tribunal não se pronuncia sobre a legalidade ou não do congresso realizado em Luanda.

“Estamos inquietos, temos a preparação para as autarquias “, disse Fernando Gomes que revelou ter pedido apoio ao presidente de Portugal Marcelo rebelo de Sousa para ajudar a resolver o problema.

Gomes disse que “é preciso saber se Angola tem ou não soberania para resolver o problema”, disse afirmando que o presidente português “tem uma palavra a dizer junto do seu homologo angolano” sobre a questão.

“Não que o presidente português vá resolver o problema mas tem sim alguma responsabilidade sobre a questão da FNLA”, acrescentou

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »