Portal de Angola
Informação ao minuto

ONU vai ajudar Moçambique na construção de infraestruturas resilientes

Medida foi proposta por Maimunah Mohd, diretora executiva do ONU-Habitat (ANDRÉ CATUEIRA/LUSA)

JN|Lusa

A Organização das Nações Unidas anunciou esta segunda-feira que vai ajudar Moçambique a desenvolver políticas habitacionais resilientes para evitar a exposição das populações a calamidades naturais, como o recente ciclone Idai.

“Estamos em Moçambique para visitar as áreas afetadas pelo ciclone [Idai] e ver como é que podemos ajudar o país na reconstrução com estratégias resilientes a mudanças climáticas”, disse Maimunah Mohd, diretora executiva do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat).

Aquela responsável falava momentos após um encontro com o chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, na Presidência da República, em Maputo. De acordo com a diretora executiva da UN-Habitat, a visita a Moçambique vai servir para que a agência partilhe suas experiência no uso das tecnologias na reconstrução dos pontos afetados pelo ciclone Idai no centro do país.

“Discutimos com o Presidente quais as melhores formas para darmos os próximos passos”, acrescentou Maimunah Mohd, que está em Moçambique a convite do chefe de Estado moçambicano.

O ciclone Idai atingiu a região centro de Moçambique, o Maláui e o Zimbabué a 14 de março. Em Moçambique, segundo dados oficiais, 603 pessoas morreram e cerca 1.642 ficaram feridas. O ciclone afetou mais 1,5 milhões de pessoas nas províncias do centro do país.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »