Portal de Angola
Informação ao minuto

Daesh foi derrotado como Estado, mas pode voltar, afirma enviado dos EUA

(DR)

O grupo terrorista Daesh foi derrotado como um Estado, mas pode ressurgir no futuro, afirmou nesta segunda-feira o representante especial dos EUA para o envolvimento sírio, James Jeffrey, na conferência anual sobre as relações EUA-Turquia.

“[O Daesh] foi derrotado como Estado, mas pode voltar”, disse Jeffrey no seu discurso na conferência, citado pela Sputnik.

Jeffrey apontou que a Turquia, a Rússia e o Irão estão entre os principais protagonistas do lado sírio, e o papel dos dois últimos representa uma preocupação para Ancara.

“A presença da Rússia e do Irão é uma grande preocupação para a Turquia”, ponderou Jeffrey.

O representante especial observou que o governo do presidente da Síria, Bashar Assad, controla 60% da Síria, mas não especificou quem controla o restante do território sírio.

Em 22 de março, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, declarou que o califado territorial do Daesh foi eliminado na Síria.

O embaixador da Síria na ONU, Bashar Jaafari, informou mais tarde naquele dia que um “Daesh” nunca existiu, mas uma rede de terroristas patrocinada pela inteligência americana e britânica e enviada para a Síria, principalmente da Turquia.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »