Portal de Angola
Informação ao minuto

Maduro responde às ‘ameaças de guerra e invasão’ de Bolsonaro

Nicolas Maduro diz que o mundo ocidental quer impôr à Venezuela um Pinochet. (Foto: EPA)

O presidente venezuelano Nicolás Maduro respondeu as declarações do líder brasileiro sobre uma possível intervenção militar na Venezuela e pediu aos militares brasileiros que enfrentem “a loucura de Bolsonaro”.

“A Venezuela rejeita de maneira absoluta as ameaças de guerra e invasão militar de Jair Bolsonaro contra o povo bolivariano nobre, pacífico e solidário”, disse o presidente durante um evento em Caracas.

Segundo a France Press, o presidente venezuelano também declarou que Jair Bolsonaro é um “filhote de fascista” e “imitador de Hitler”.

Maduro pediu aos militares brasileiros que rejeitem as intenções do presidente Bolsonaro de invadir o país caribenho.
“Faço um apelo ao povo do Brasil, convoco todos os setores democráticos e peço à força militar do Brasil para enfrentar a loucura de Jair Bolsonaro e sua ameaça de guerra contra a Venezuela”, disse o presidente.

Durante a semana, Jair Bolsonaro (PSL) teceu comentários sobre a atual crise na Venezuela, afirmando que, no caso de uma invasão militar contra Caracas, iria consultar o Congresso. A decisão final, no entanto, segundo o político, seria estritamente pessoal.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »