Portal de Angola
Informação ao minuto

Lunda Norte: Lueji A’Nkondi prevê abertura do curso de mestrado em Direito

Universidade Lueji A'Nkondi, na região Académica de Malanje (DR)

Angop | João Viagem

A Universidade Lueji A’Nkondi (ULAN), que engloba as províncias da Lunda Norte, Malanje e Lunda Sul perspectiva, no próximo ano académico, a abertura do curso de mestrado na Faculdade de Direito dessa província, tendo em conta a melhoria do processo de ensino-aprendizagem.

A informação foi avançada sexta-feira última, no Dundo, pelo Reitor da instituição, Pedro Yoba, que falava durante o acto de abertura do primeiro Colóquio Nacional sobre o ensino do Direito em Angola, por ocasião do oitavo aniversário da Faculdade de Direito, comemorado a 11 de Abril.

Na ocasião, o académico fez saber que o referido projecto já foi aprovado pelo Conselho Científico da Faculdade de Lisboa (Portugal), pois que a sua efectivação será um facto na província, em função da dinâmica actual e pelo fluxo de estudantes interessados nesse curso.

No presente ano académico, a ULAN, que ainda não possui instalações próprias e funciona na Escola do Magistério Primário do Chitato, conta com mais de mil estudantes matriculados e com mais de uma centena de licenciados.

Quanto ao colóquio, Pedro Yoba sublinhou que é uma mais-valia, pois proporcionará uma nova dinâmica no que diz respeito ao Direito, visando a busca de solução para a resolução de vários problemas da sociedade.

Sob o lema “Unamo-nos por um ensino de Direito com qualidade”, o colóquio visa, essencialmente, reflectir sobre o ensino do Direito face as novas tendências didácticas no ensino superior, assim como analisar as temáticas relativas à problemática do Direito Civil e Público e garantir as práticas modernas.

Temas como “O papel da cooperação estrangeira para o desenvolvimento das universidades angolanas”, “Ensino do Direito em Angola”, “O fenómeno migratório em Angola: caso Lunda Norte”, “A importância da implementação das autarquias locais” e “A implementação dos tribunais da Relação e de Comarca à luz da Lei 2/15”, dominaram o colóquio, que contou com a participação do Bastonário da Ordem dos Advogados, Luís Paulo Monteiro, magistrados do ministério público, docentes, estudantes, entre outras individualidades.

A Faculdade de Direito da Lunda Norte é assegurada por 41 professores, 11 dos quais efectivos e 20 advogados estagiários.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »