Radio Calema
InicioAngolaSociedadeLunda Norte: Lueji A'Nkondi prevê abertura do curso de mestrado em Direito

Lunda Norte: Lueji A’Nkondi prevê abertura do curso de mestrado em Direito

Angop | João Viagem

A Universidade Lueji A’Nkondi (ULAN), que engloba as províncias da Lunda Norte, Malanje e Lunda Sul perspectiva, no próximo ano académico, a abertura do curso de mestrado na Faculdade de Direito dessa província, tendo em conta a melhoria do processo de ensino-aprendizagem.

A informação foi avançada sexta-feira última, no Dundo, pelo Reitor da instituição, Pedro Yoba, que falava durante o acto de abertura do primeiro Colóquio Nacional sobre o ensino do Direito em Angola, por ocasião do oitavo aniversário da Faculdade de Direito, comemorado a 11 de Abril.

Na ocasião, o académico fez saber que o referido projecto já foi aprovado pelo Conselho Científico da Faculdade de Lisboa (Portugal), pois que a sua efectivação será um facto na província, em função da dinâmica actual e pelo fluxo de estudantes interessados nesse curso.

No presente ano académico, a ULAN, que ainda não possui instalações próprias e funciona na Escola do Magistério Primário do Chitato, conta com mais de mil estudantes matriculados e com mais de uma centena de licenciados.

Quanto ao colóquio, Pedro Yoba sublinhou que é uma mais-valia, pois proporcionará uma nova dinâmica no que diz respeito ao Direito, visando a busca de solução para a resolução de vários problemas da sociedade.

Sob o lema “Unamo-nos por um ensino de Direito com qualidade”, o colóquio visa, essencialmente, reflectir sobre o ensino do Direito face as novas tendências didácticas no ensino superior, assim como analisar as temáticas relativas à problemática do Direito Civil e Público e garantir as práticas modernas.

Temas como “O papel da cooperação estrangeira para o desenvolvimento das universidades angolanas”, “Ensino do Direito em Angola”, “O fenómeno migratório em Angola: caso Lunda Norte”, “A importância da implementação das autarquias locais” e “A implementação dos tribunais da Relação e de Comarca à luz da Lei 2/15”, dominaram o colóquio, que contou com a participação do Bastonário da Ordem dos Advogados, Luís Paulo Monteiro, magistrados do ministério público, docentes, estudantes, entre outras individualidades.

A Faculdade de Direito da Lunda Norte é assegurada por 41 professores, 11 dos quais efectivos e 20 advogados estagiários.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.