Portal de Angola
Informação ao minuto

Regionalização continua em discussão no parlamento cabo-verdiano

Cidade da Praia, Cabo Verde. (Xandu-https://commons.w)

RFI

A Lei da Regionalização continua em discussão na Assembleia Nacional, após o impasse ocorrido em Março passado com a não-aprovação do artigo 6º sobre os órgãos da Região, uma lei que exige uma maioria qualificada de dois terços dos votos para a sua aprovação. O MpD, no poder, conseguiu entendimento com a UCID, mas os votos são insuficientes e continua a piscar o olho aos deputados do PAICV.

Fora do parlamento, o grupo de reflexão para a regionalização de Cabo Verde apela aos deputados para se entenderem e o grupo conta com o reforço de Onésimo Silveira, antigo autarca da ilha de São Vicente. Em declarações à Rádio Televisão Cabo-Verdiana, este último disse que os deputados têm uma oportunidade única de mostrar que estão com o país aprovando na especialidade a Lei da Regionalização.

A partir da Ribeira Grande de Santiago, no berço da nacionalidade cabo-verdiana, onde esteve em visita, o presidente da República Jorge Carlos Fonseca afirmou que aguarda serenamente pela aprovação da Lei da Regionalização e diz esperar que a solução encontrada sirva, efectivamente, os interesses concretos das populações das diferentes ilhas e concelhos do país.

O debate na especialidade da Lei da Regionalização que é transmitido pela rádio pública é acompanhado com interesse pelos cidadãos.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »