Portal de Angola
Informação ao minuto

Jonas Savimbi: Se resultados laboratoriais não forem coerentes, não haverá transladação – UNITA

(DR)

Se os testes ao ADN dos restos mortais de Jonas Savimbi que estão a ser realizados em laboratórios em Angola, Portugal e na África do Sul não forem coerentes entre si, a UNITA não vai dar continuidade às cerimónias de transladação, disse ao NJOnline Victorino Nhany, dirigente do partido do “Galo Negro”.

A cerimónia de transladação dos restos mortais do fundador da UNITA, morto em combate a 22 de Fevereiro de 2002, no Moxico, e enterrados provisoriamente no cemitério do Luena pelas tropas governamentais, deveria ter tido lugar no passado dia 06 mas os atrasos registados no envio para a UNITA dos testes laboratoriais levou a que esse momento fosse adiado sine die.

O secretário para os Assuntos Eleitorais da UNITA, Victorino Nhany, assegurou, no entanto, que o partido fundado por Jonas Savimbi “ainda têm confiança” que as ossadas exumadas pelo Governo, no Luena, província do Moxico, pertencem a Jonas Savimbi.

“O Governo exumou os ossos do nosso líder e garante que são mesmo dele, nós vamos ver para crer. Caso existam dúvidas, como, por exemplo, haver resultados desencontrados entre os laboratórios onde os testes estão a ser realizados, não vamos enterrar restos mortais que não temos a certeza que sejam do fundador do nosso partido”, acrescentou.

Os restos mortais deJonas Savimbi, se tudo correr bem, serão trasladados para a sua terra natal, Lopitanga, Andulo, província do Bié, como o próprio disse querer quando ainda em vida.

Segundo Victorino Nhany, o seu partido também está a fazer um trabalho paralelo em alguns laboratórios para confrontar os resultados.

Inicialmente, os testes laboratoriais deveriam ter resultados prontos em 25 dias, o que não aconteceu, começando esse atraso a gerar alguns rumores sobre a possibilidade de as ossadas retiradas do túmulo de Savimbi, no Luena, não serem dele.

“Vamos esperar que o processo corra bem, para que o ex-líder e fundador tenha um funeral condigno”, concluiu.

A cerimónia de exumação e recolha de amostras dos restos mortais do líder fundador da UNITA, Jonas Savimbi, realizou-se no mês de Fevereiro, no Luena, província do Moxico.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »