Portal de Angola
Informação ao minuto

1º de Agosto e Inter protagonizam 3ª final na Taça de Angola

Treinador do 1º de Agosto, Paulo Macedo, e "pupilos" (Foto: Henri Celso)

Angop

Depois das épocas 2003 e 2012, o 1º de Agosto e Interclube vão disputar pela terceira vez a final da Taça de Angola em basquetebol masculino, agendada para o dia 19 deste mês, em campo ainda por indicar pela federação da modalidade.

Sete anos depois da última disputa, ambas ganhas pelos “militares”, o clube central das Forças Armadas detém certo favoritismo sobre os “polícias”, a julgar, entre outros aspectos, pelo plantel das duas formações e a campanha no decurso da época, onde o D’Agosto vem dominando quase tudo.

Apesar disto, deve-se ter em conta o ascendente do Interclube, por sinal, um dos conjuntos que este ano conseguiu já impor uma derrota aos “militares” e três ao outro candidato ao título nacional, Petro de Luanda, isto a nível do campeonato.

Das três partidas em que Inter e D’Agosto se defrontaram em finais (uma das quais foi a duas mãos), o clube militar está invicto, pois superou o adversário por 91-61, no ano de 2003, bem como por 94-56 e 80-77 nas duas mãos da final de 2012.

Sendo assim, prevê-se uma partida difícil para a “turma dos bombeiros”, pois, apesar de eliminar o ASA nas meias-finais com vantagem no cômputo geral de 25 pontos, resultantes da vitória (98-71) na primeira-mão e derrota (75-77) na segunda, terá de redobrar esforços para impor-se no rectângulo de jogo, ante um adversário teoricamente superior.

Detentor do título, o 1º de Agosto, maior vencedor desta competição com 14 troféus, afastou nas meias-finais o Petro de Luanda, superando a desvantagem de nove (90-99) que traziam da primeira mão, com triunfo, por 94-83, no duelo de resposta.

A formação do “Rio Seco” venceu a Taça de Angola nos anos (1985, 1986, 1987, 1988, 1992, 1995, 2002, 2003, 2005, 2006, 2008, 2009, 2012 e 2018), ao passo que o Interclube foi três vezes finalista vencido (2003, 2012 e 2017).

O pavilhão que acolhe o jogo da final, a 19 de Abril, será conhecido apenas sexta-feira, segundo informou hoje à Angop o secretário-geral da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Nelson Sardinhas, tendo adiantado que o elenco federativo está igualmente a tratar questões relativas aos direitos de transmissão televisiva do jogo.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »