Portal de Angola
Informação ao minuto

Vereadora do Rio é condenada a 5 anos de prisão por tortura de ex-marido

Yahoo

Vereadora Veronica Costa foi condenada por torturar o ex-companheiro. (Foto: Tiago Ramos/Futura Press)

A vereadora Verônica Costa (MDB), conhecida como Mãe Loura, foi condenada pela Justiça do Rio a 5 anos e 10 meses de prisão em regime semiaberto pela tortura de seu ex-marido, cometida em 2011. Na decisão, o juiz Marcelo Oliveira da Silva, da 16ª Vara Criminal, determinou a perda do cargo da vereadora.

As informações são do jornal Extra.

O caso veio à tona após a vítima, identificado como Márcio Costa, denunciar o caso à Polícia Civil quando ainda eram casados. Além de Verônica, quatro parentes da ex-funkeira também foram condenados. O processo corre em segredo de Justiça e ainda cabe recurso.

Segundo a Polícia Civil, o irmão, a irmã, o cunhado e o padrasto de Verônica foram até a casa do casal e amarraram Márcio no banheiro, a mando dela. A vítima contou que teve os pulsos e os pés amarrados com correntes e cordas, e teria sido vendado. Ele afirmou que foi agredido e que ameaçaram de colocar fogo em seu corpo, acusando-o de ter uma amante e de “roubar” o dinheiro da então funkeira.

A denúncia contra Verônica foi aceita pela Justiça em dezembro de 2011, mas o processo foi transferido para a 2ª instância do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) após ela assumir a cadeira na Câmara, em 2013.

Por conta do cargo, ela teria o direito a ser julgada por um órgão especial do TJ. Contudo, o caso voltou a tramitar na 16ª Vara Criminal em novembro do ano passado.

Na época, Verônica negou todas as acusações e disse que o marido já chegou machucado em casa, sob o efeito de drogas. Em nota enviada ao jornal Extra, o advogado da vereadora afirmou que vai recorrer da sentença.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »