- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo EUA Nova York declara emergência devido a surto de sarampo

Nova York declara emergência devido a surto de sarampo

Reuters por Jonathan Allen e Gina Cherelus

Um surto de sarampo no Brooklyn, principalmente entre crianças judias ortodoxas, fez com que a cidade de Nova York declarasse uma emergência de saúde pública nesta terça-feira, exigindo que moradores não vacinados das áreas afectadas tomem a vacina ou paguem multas.

O maior surto do vírus, antes praticamente erradicado, na cidade desde 1991, está basicamente contido na comunidade judaica ortodoxa do bairro de Williamsburg, com 285 casos confirmados desde Outubro, disse o prefeito Bill de Blasio em colectiva de imprensa. O número representa um salto acentuado dos apenas dois casos registados em todo o ano de 2017.

“Esse é o epicentro de um surto de sarampo que é muito, muito preocupante e que precisa ser enfrentado imediatamente”, disse de Blasio. O prefeito foi acompanhado por autoridades de saúde da cidade que criticaram o que chamaram de “desinformação” espalhada por críticos das vacinas.

O vírus do sarampo é altamente contagioso e pode levar a sérias consequências e à morte. Embora nenhuma morte tenha sido confirmada até agora, 21 pessoas foram hospitalizadas, com cinco na unidade de terapia intensiva, segundo autoridades. Todos os casos confirmados, com excepção de 39, afectaram crianças.

O surto faz parte de um reaparecimento mais amplo do vírus nos Estados Unidos, com 465 casos registados em 19 Estados até agora neste ano, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

Em 2000, os Estados Unidos declararam que o sarampo havia sido eliminado do país devido à ampla vacinação, o que significa que não estava mais constantemente presente. Entretanto, as taxas de vacinação têm caído nos últimos anos, de acordo com especialistas em doenças infecciosas.

O surto no Brooklyn tem sido associado a uma criança não vacinada que foi infectada durante visita a Israel, que também está enfrentando uma epidemia da doença, de acordo com o Departamento de Saúde da Cidade de Nova York.

Autoridades disseram que irão impor multas de até mil dólares àqueles que não tomaram a vacina tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) e não podem fornecer outra evidência de imunidade, como já terem tido sarampo.

Essa é a primeira vez na história recente em que a cidade de Nova York ordena vacinações obrigatórias, de acordo com autoridades de saúde.

- Publicidade -
- Publicidade -

Morre Vladimir Popovic, lenda do futebol da antiga Iugoslávia

O ex-meio campo fez grande parte da sua carreira de treinador nos anos 70 na Colômbia, onde foi campeão com o Santa Fé e...
- Publicidade -

Brasil indicia polícias que balearam angolano

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul, no Brasil, indiciou, por crime militar, os três polícias envolvidos, em Maio, no incidente que causou...

Presidente da República pede à Assembleia Nacional a reapreciação do novo Código de Processo Penal

O Presidente da República, João Lourenço, solicitou, ontem, que a Assembleia Nacional reaprecie artigos específicos do Código Penal, relacionados fundamentalmente com os crimes cometidos...

OMS discute com a Rússia nova vacina contra a Covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e as autoridades de saúde russas estão a discutir o processo para uma possível pré-qualificação da OMS para...

Notícias relacionadas

Morre Vladimir Popovic, lenda do futebol da antiga Iugoslávia

O ex-meio campo fez grande parte da sua carreira de treinador nos anos 70 na Colômbia, onde foi campeão com o Santa Fé e...

Brasil indicia polícias que balearam angolano

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul, no Brasil, indiciou, por crime militar, os três polícias envolvidos, em Maio, no incidente que causou...

Presidente da República pede à Assembleia Nacional a reapreciação do novo Código de Processo Penal

O Presidente da República, João Lourenço, solicitou, ontem, que a Assembleia Nacional reaprecie artigos específicos do Código Penal, relacionados fundamentalmente com os crimes cometidos...

OMS discute com a Rússia nova vacina contra a Covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e as autoridades de saúde russas estão a discutir o processo para uma possível pré-qualificação da OMS para...

Pânico gerado por rumor de tiroteio causa dezenas de feridos em Cannes

Dezenas de pessoas sofreram ferimentos ligeiros na sequência de um momento de pânico gerado pelo rumor de um tiroteio na cidade francesa de Cannes. Segundo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.