Portal de Angola
Informação ao minuto

Cazaquistão convoca eleição presidencial antecipada

O presidente interino do Cazaquistão, Kasym-Jomart Tokayev (Afp)

AFP

O presidente interino do Cazaquistão, Kasym-Jomart Tokayev, convocou eleição presidencial para 9 de junho e citou a necessidade de se “avançar”, após a renúncia surpreendente de Nursultan Nazarbayev, que passou três décadas no poder.

A substituição de Nazarbayev constitui um desafia para a ex-república soviética que nunca teve uma transição para a democracia desde sua independência há 30 anos.

Em um discurso exibido na TV, Kasym-Jomart Tokayev afirmou que é “necessário acabar com qualquer incerteza para garantir a concórdia na sociedade, avançar com segurança e assegurar o desenvolvimento do país”, rico em combustíveis e que enfrenta uma crise econômica há vários anos.

A eleição estava prevista para abril de 2020. Nazarbayev, de 78 anos, anunciou sua renúncia em 19 de março.

“Pai da Nação” cazaque, de acordo com seu título oficial, o ex-presidente continuará ocupado funções importantes no país.

Kasym-Jomart Tokayev, 65 anos, até então presidente do Senado, se tornou presidente interino. É considerado um possível sucessor de Nazarbayev, mas até o momento não informou se será candidato.

Tokayev nasceu em 1953 em uma família de elite soviética. Diplomata, foi duas vezes ministro das Relações Exteriores e primeiro-ministro de 1999 a 2002.

Sua primeira decisão como presidente foi rebatizar a capital do país, Astana, uma cidade futurista de um milhão de habitantes que agora tem o nome “Nur-Sultan”, em homenagem a seu antecessor.

Em sua primeira viagem ao exterior, Tokayev visitou a Rússia e prometeu ao presidente Vladimir Putin “reforçar ainda mais a amizade” entre os dois países.

Nazarbayev assumiu o poder em 1989, quando o Cazaquistão era uma república soviética. Ele foi o primeiro secretário do Partido Comunista e depois, com a independência de 1991, permaneceu no poder.

Foi reeleito diversas vezes por maioria absoluta.

Apesar da renúncia, Nazarbayev terá amplas prerrogativas. Conserva a presidência do partido governista e do Conselho de Segurança, entidade dotada de estatuto constitucional por uma lei aprovada em 2018, além do título de “Pai da Nação” que garante imunidade jurídica.

Outro sinal de sua influência foi a escolha de sua filha, Dariga Nazabayeva, 55 anos, como presidente do Senado.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »