Portal de Angola
Informação ao minuto

Coentrão: “Se pudesse explicar tudo iriam entender a situação em que fiquei a 31 de Agosto”

(GETTY)

No domingo à noite, Coentrão foi aplaudido pelos adeptos do Sporting em Alvalade. “É sempre bom voltar a casa. Toda a gente sabe, e não é segredo para ninguém, que eu tenho um grande carinho pelo Sporting”, confessou.

De acordo com o Tribuna Expresso, depois de na época passada ter alinhado pelo Sporting, Fábio Coentrão regressou, no domingo, a Alvalade, desta feita com a camisola do Rio Ave. Em declarações aos jornalistas no final do encontro, O jogador vila-condense lembrou a sua passagem pelos leões.

“No início da época, passaram-se muitas coisas com a minha rescisão do Real Madrid e, se pudesse explicar tudo, iriam entender a situação em que eu fiquei a 31 de agosto. Mas o mais importante é que, ao olhar para trás, tive uma carreira bonita, cheia de títulos e joguei no melhor clube do mundo. Agora estou no Rio Ave e amo este clube”, disse.

Coentrão foi aplaudido pelos adeptos do Sporting em Alvalade. “É sempre bom voltar a casa. Toda a gente sabe, e não é segredo para ninguém, que eu tenho um grande carinho pelo Sporting”, confessou.

Questionado sobre a época que os leões estão a fazer, Coentrão deixou elogios ao trabalho realizado. “Toda a gente sabia que esta ia ser uma época complicada para o Sporting, depois de tudo o que se passou, mas, felizmente, conquistaram já uma Taça da Liga e estão na final da Taça de Portugal. Pode vir a ganhar dois títulos e pode ser um balanço muito positivo”, disse.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »