- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Ébola já matou 679 entre 1.089 pessoas infectadas desde Agosto na RDCongo

Ébola já matou 679 entre 1.089 pessoas infectadas desde Agosto na RDCongo

A epidemia de Ébola no nordeste da República Democrática do Congo (RDCongo) provocou 679 mortos desde 01 de Agosto de 2018 e contagiou 1.089 pessoas até 31 de Março, indicou hoje o Ministério da Saúde daquele país africano.

Entre o total de vítimas mortais, 679 foram confirmadas laboratorialmente como tendo sido causadas pelo vírus, enquanto o Ministério da Saúde da RDCongo, em colaboração com a Organização Mundial de Saúde (OMS), considerou que 66 eram prováveis.

O contágio alargou-se a 1.089 pessoas, 1.023 com confirmação de infecção com o vírus Ébola e 66 prováveis.

No mesmo período, 331 pessoas foram dadas como curadas da infecção, que se transmite por contacto físico através de fluidos corporais infectados e que provoca febre hemorrágica.

Desde o balanço anterior, de 23 de Março, o número de mortos aumentou em meia centena e o de contágios 80.

O diretor para emergências em África da OMS, Ibrahima Socé-Fall, assinalou hoje, em conferência de imprensa, que a extensão da epidemia na área de Butembo, na RDCongo, reduziu, apesar de episódios de violência na região, que levaram à interrupção temporária das intervenções do Ministério da Saúde, da OMS e de organizações não-governamentais.

Socé-Fall admitiu que a insegurança, provocada pelas acções de grupos armados, e a desconfiança das pessoas face às organizações de socorro continuam a ser os obstáculos maiores para controlar a epidemia de Ébola na RDCongo.

A insegurança complica e limita o trabalho dos profissionais de saúde que sofrem ataques ou mesmo sequestros realizados por grupos rebeldes e o responsável da OMS revelou que polícias congoleses foram colocados junto a centros de tratamento.

Declarada em 01 de Agosto de 2018, esta epidemia de Ébola foi constatada em Mangina, na província de Kivu Norte.

O Ministério da Saúde da RDCongo admitiu que a epidemia de Ébola é já a maior da história do país relativamente ao número de contágios.

A RDCongo foi atingida nove vezes pelo Ébola, depois da primeira aparição do vírus naquele país africano, em 1976.

É a primeira vez que uma epidemia de Ébola é declarada numa zona de conflito, onde existe uma centena de grupos armados, o que leva à deslocação contínua de centenas de milhares de pessoas que podem ter estado em contacto com o vírus.

 

- Publicidade -
- Publicidade -

UNITA defende conclusão do pacote legislativo autárquico

A Comissão Política da UNITA defendeu a conclusão da aprovação do Pacote Legislativo Autárquico até ao final do corrente ano, no quadro da preparação...
- Publicidade -

Covid-19 faz 124ª morte em Moçambique

A pandemia da COVID-19 voltou a fazer uma vítima mortal na cidade de Maputo. Trata-se de um moçambicano de 40 anos de idade, que...

Covid-19 em Portugal: Mais 74 mortes e 4044 infectados

O número de infectados ultrapassou os 58,6 milhões em todo o mundo. Já morreram 1,38 milhões de pessoas com covid-19 e 37,4 milhões recuperaram...

Países africanos preparam regresso aos mercados em 2021

Analistas antecipam que países da África subsaariana voltem a emitir dívida a partir de 2021, depois de saída dos mercados financeiros motivada pela pandemia...

Notícias relacionadas

UNITA defende conclusão do pacote legislativo autárquico

A Comissão Política da UNITA defendeu a conclusão da aprovação do Pacote Legislativo Autárquico até ao final do corrente ano, no quadro da preparação...

Covid-19 faz 124ª morte em Moçambique

A pandemia da COVID-19 voltou a fazer uma vítima mortal na cidade de Maputo. Trata-se de um moçambicano de 40 anos de idade, que...

Covid-19 em Portugal: Mais 74 mortes e 4044 infectados

O número de infectados ultrapassou os 58,6 milhões em todo o mundo. Já morreram 1,38 milhões de pessoas com covid-19 e 37,4 milhões recuperaram...

Países africanos preparam regresso aos mercados em 2021

Analistas antecipam que países da África subsaariana voltem a emitir dívida a partir de 2021, depois de saída dos mercados financeiros motivada pela pandemia...

Em tempos de pandemia, projecto em Angola facilita contacto de reclusos com famílias

Em Angola, projecto "parlatório virtual" prevê criação de salas de vídeo para ajudar reclusos no contato com seus familiares. É uma iniciativa do centro...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.