Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Jerónimo diz que Rui Rio deveria “cuidar de tratar dos eleitos do PSD”

Lusa

(© Lusa)

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou hoje que o líder do PSD, Rui Rio, “deveria cuidar de tratar” dos “eleitos do PSD” para dar resposta ao que as populações desses concelhos têm direito.

“Quando ouvimos o PSD zurzir na medida [redução nos tarifários dos passes de transporte] a pretexto da descriminação territorial, o que percebemos é o incómodo que sente por esta medida que no fundamental se dirige e beneficia particularmente os trabalhadores e as suas famílias (ou quem já trabalhou)”, disse Jerónimo de Sousa.

“Sim, porque quando é para todo o país pagar os desmandos da banca, aí ninguém ouve Rui rio a protestar que são os contribuintes do interior a pagar”, apontou o secretário-geral, que falava no encerramento do debate “Transportes públicos mais baratos, mais e melhor mobilidade nas áreas metropolitanas e no país”, em Lisboa.

“A medida é para todo o país. Está nas mãos dos municípios – aliás, curiosamente por força de uma lei do PSD/CDS – darem uma contribuição para responder a esse objectivo”, sublinhou.

Nesse sentido, “Rui Rio deveria cuidar de tratar dos seus eleitos, (do PSD) de dar resposta ao que as populações desses concelhos têm direito”, apontou o secretário-geral do PCP.

Em 19 de Março, o presidente do PSD, Rui Rio, questionou a justeza dos passes sociais mais baratos nas Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto, quando o “grosso do país” é “completamente abandonado nesta matéria”.

Jerónimo de Sousa sublinhou que se trata de “uma medida de enorme alcance e significado”, uma vez que “incorpora a afirmação do direito ao uso do transporte público e pelo que acrescenta e devolve” o direito e liberdade de circulação não limitado ao utilitário transporte casa-trabalho ou casa-escola.

“Representa um ganho efectivo nos rendimentos de centenas de milhar de famílias” e pode “contribuir também do ponto de vista ambiental para responder a problemas decorrentes do uso intensivo de transporte individual”, prosseguiu.

“Importa lembrar, e com toda a verdade, porque é de inteira justiça fazê-lo, que esta medida é inseparável da intervenção determinada do PCP ao longo de mais de duas décadas, também com a acção e luta dos utentes, se bateu pelo alargamento e valorização do passe”, prosseguiu.

“Não temos de nos pôr em bicos dos pés para poder afirmar que este é daqueles avanços inseparáveis da nossa intervenção, inseparável da nova fase da vida política nacional que, com a nossa iniciativa, abrimos e tornámos possível. Inseparável da continuada intervenção política e institucional que, pelo menos desde 1997, desenvolvemos”, salientou.

Ainda na intervenção, o secretário-geral do Partido Comunista acusou o Regime Jurídico de Serviço Público de Transporte de Passageiros “que o governo PSD/CDS impôs em 2015” de ser “um empecilho para a concretização de uma verdadeira política na área dos transportes”.

Isto por tratar-se de “um regime, que é bom lembrar” que “visa favorecer a liberalização do sector, a desresponsabilização do Estado e a sua transferência para as autarquias e a população”, apontou o dirigente político.

“Nada pode apagar o valor e alcance do que agora se conseguiu em redução de custos e aumento de mobilidade, mas é o próprio alcance da medida que existe que, para que ela ganhe inteira projecção e extensão, seja acompanhada do aumento de oferta”, alertou.

Tal objectivo “exige respostas imediatas e a médio prazo, em qualquer caso a requerer investimento público e decisões rápidas”, o que inclui lançamento de concursos para a aquisição de comboios, composições de metro e embarcações fluviais.

“Esta medida deve ter o alcance de todo o território nacional, garantindo condições semelhantes em todas as outras regiões às que estão já instituídas em Lisboa e no Porto, e não esquecendo as questões inter-regionais. Ou seja, preço máximo de 30 a 40 euros para títulos no interior de uma comunidade intermunicipal ou no concelho respectivamente”, salientou.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »