- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Governo brasileiro bloqueia 6,6 MME em áreas como educação e defesa

Governo brasileiro bloqueia 6,6 MME em áreas como educação e defesa

O Governo brasileiro bloqueou mais de 29 mil milhões de reais (6,6 mil milhões de euros) em áreas como a educação e defesa no Orçamento deste ano, de acordo com um decreto de programação orçamental publicado na sexta-feira.

No decreto, publicado numa edição extraordinária do Diário Oficial da União, o equivalente ao Diário da República português, as áreas que sofrem um maior bloqueio são a educação, com 5,83 mil milhões de reais congelados (1,32 mil milhões de euros), a defesa, com 5,1 mil milhões de reais (1,16 mil milhões de euros) e as infraestruturas com 4,3 mil milhões de reais bloqueados (cerca de 980 mil euros).

Segundo a Lusa, as emendas parlamentares (recursos que deputados e senadores indicam para investimento em obras e serviços nos Estados e municípios) sofreram um bloqueio de 2,95 mil milhões de reais (670 mil euros).

O bloqueio corresponde a um congelamento de uma parcela das verbas do Orçamento Federal, para tentar cumprir a meta de défice primário (despesas maiores do que receitas, sem contar juros da dívida pública) de 139 mil milhões de reais (cerca de 31,5 mil milhões de euros) para este ano, segundo o portal de notícias G1.

Para desbloquear esses recursos até ao final do ano, o Governo fica dependente da entrada de receitas adicionais.

De acordo com a imprensa brasileira, este bloqueio no Orçamento, anunciado pelo executivo brasileiro, liderado por Jair Bolsonaro, fará com que a verba destinada para despesas e investimentos seja a menor desde 2008.

- Publicidade -
- Publicidade -

Suíça investiga “Escândalo das Dívidas Ocultas” de Moçambique

Procuradores suíços iniciaram uma investigação sobre o escândalo de empréstimos de dois biliões de dólares que levou Moçambique a uma crise financeira, reporta a...
- Publicidade -

Covid-19: Ministro exige maior envolvimento dos militares

Os efectivos das Forças Armadas Angolanas (FAA) devem continuar a assumir uma postura exemplar, juntando-se a Polícia Nacional na protecção e manutenção da ordem...

Covid-19: Sobe para 21 número de pacientes recuperados em Angola

Angola recuperou mais dois pacientes da covid-19, nas últimas 24 horas, perfazendo 21, informou esta sexta-feira o secretário de Estado para a Saúde Pública,...

Bolsonaro ameaça retirar Brasil da OMS

No dia em que o Brasil regista oficialmente 646 mil casos de COVID-19 e ultrapassa já as 35 mil mortes o seu presidente ameaça...

Notícias relacionadas

Suíça investiga “Escândalo das Dívidas Ocultas” de Moçambique

Procuradores suíços iniciaram uma investigação sobre o escândalo de empréstimos de dois biliões de dólares que levou Moçambique a uma crise financeira, reporta a...

Covid-19: Ministro exige maior envolvimento dos militares

Os efectivos das Forças Armadas Angolanas (FAA) devem continuar a assumir uma postura exemplar, juntando-se a Polícia Nacional na protecção e manutenção da ordem...

Covid-19: Sobe para 21 número de pacientes recuperados em Angola

Angola recuperou mais dois pacientes da covid-19, nas últimas 24 horas, perfazendo 21, informou esta sexta-feira o secretário de Estado para a Saúde Pública,...

Bolsonaro ameaça retirar Brasil da OMS

No dia em que o Brasil regista oficialmente 646 mil casos de COVID-19 e ultrapassa já as 35 mil mortes o seu presidente ameaça...

Forças francesas matam líder da Al-Qaeda no Magrebe Islâmico

As forças francesas mataram o líder da Al-Qaeda no Magrebe Islâmico, disse o ministro da Defesa da França , Argel Abdelmalek Droukdel , no...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.