- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Futebol Futebol: Toni Cabaça suspenso por quatro jogos

Futebol: Toni Cabaça suspenso por quatro jogos

O guarda-redes do 1º de Agosto Toni Cabaça foi suspenso por quatro jogos pelo conselho de disciplina da Federação Angolana de Futebol (FAF), por ter cuspido no rosto de um adversário, no jogo com a Académica do Lobito, para a 20ª jornada do Girabola2018/19.

Nesta partida os “militares” venceram por 1-0.

O órgão da FAF, num comunicado chegado hoje à Angop, considera bárbaro e desprezível o acto praticado pelo futebolista, que defendeu as balizas da selecção nacional na passada sexta-feira, em que os Palancas Negras conseguiram o apuramento ao CAN deste ano no Egipto, após vitória sobre o Botswana, em Francistown, por 1-0.

O atleta tem sido titularíssimo na equipa militar, onde nesta época sofreu apenas seis golos, em vinte jogos.

Toni Cabaça foi igualmente dos jogadores preponderantes na boa campanha do 1º de Agosto na liga dos clubes campeões africanos na edição 2018, em que atingiu as meias-finais.

O guarda-redes, além de grandes defesas durante os jogos, defendeu dois penaltis contra o TP Mazembe da RDC, nos quartos-de-finais, fundamentais para a formação do Rio Seco passar para a fase seguinte, onde foi eliminada de forma inglória pelo Esperance de Tunis, devido a uma arbitragem claramente tendenciosa do zambiano Janny Sikazwe.

- Publicidade -
- Publicidade -

Suíça investiga “Escândalo das Dívidas Ocultas” de Moçambique

Procuradores suíços iniciaram uma investigação sobre o escândalo de empréstimos de dois biliões de dólares que levou Moçambique a uma crise financeira, reporta a...
- Publicidade -

Covid-19: Ministro exige maior envolvimento dos militares

Os efectivos das Forças Armadas Angolanas (FAA) devem continuar a assumir uma postura exemplar, juntando-se a Polícia Nacional na protecção e manutenção da ordem...

Covid-19: Sobe para 21 número de pacientes recuperados em Angola

Angola recuperou mais dois pacientes da covid-19, nas últimas 24 horas, perfazendo 21, informou esta sexta-feira o secretário de Estado para a Saúde Pública,...

Bolsonaro ameaça retirar Brasil da OMS

No dia em que o Brasil regista oficialmente 646 mil casos de COVID-19 e ultrapassa já as 35 mil mortes o seu presidente ameaça...

Notícias relacionadas

Suíça investiga “Escândalo das Dívidas Ocultas” de Moçambique

Procuradores suíços iniciaram uma investigação sobre o escândalo de empréstimos de dois biliões de dólares que levou Moçambique a uma crise financeira, reporta a...

Covid-19: Ministro exige maior envolvimento dos militares

Os efectivos das Forças Armadas Angolanas (FAA) devem continuar a assumir uma postura exemplar, juntando-se a Polícia Nacional na protecção e manutenção da ordem...

Covid-19: Sobe para 21 número de pacientes recuperados em Angola

Angola recuperou mais dois pacientes da covid-19, nas últimas 24 horas, perfazendo 21, informou esta sexta-feira o secretário de Estado para a Saúde Pública,...

Bolsonaro ameaça retirar Brasil da OMS

No dia em que o Brasil regista oficialmente 646 mil casos de COVID-19 e ultrapassa já as 35 mil mortes o seu presidente ameaça...

Forças francesas matam líder da Al-Qaeda no Magrebe Islâmico

As forças francesas mataram o líder da Al-Qaeda no Magrebe Islâmico, disse o ministro da Defesa da França , Argel Abdelmalek Droukdel , no...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.