- Publicidade-
Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade ANDA reintegra mais de 25 mil pessoas com deficiência

ANDA reintegra mais de 25 mil pessoas com deficiência

Vinte e cinco mil e 390 pessoas com deficiência foram retiradas das ruas do país de 2003 a 2018 e reintegradas em várias actividades do projecto “Vem Comigo”, sob a égide da Associação Nacional dos Deficientes de Angola (ANDA).

O projecto “Vem comigo” é financiado pelo Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) supervisionado pela Fundação Lwini, coordenado e executado pela ANDA e tem como objectivo principal a recolha, formação, sensibilização, consciencialização de pessoas com deficiência, bem como reassentamento.

Os beneficiários recebem formação para apostarem na criação de cooperativas agrícolas e de piscicultura, assim como empreendedorismo visando o auto-emprego.

A informação foi prestada hoje (sexta-feira) pelo presidente da ANDA , Silva Lopes Etiambulo Agostinho, durante um encontro de técnicos e activistas do Projecto.

O evento visa motivar os associados e dar uma outra dinâmica a Associação na busca de formas para contornar a situação sócio económica para melhor ajudar a pessoas com deficiência face aos novos desafios económico, social e político do país.

Destacou a importância de se reintegrar os beneficiários no processo produtivo, através da formação e criação de cooperativas, para o número de pessoas com deficiência nas ruas.

A ANDA tem desenvolvido acções em todo país, sobretudo nas províncias de Luanda, Benguela, Huambo, Huíla, Malanje, Uíge e Cuanza Norte.

Avançou que uma das prioridades da sua agremiação será a reintegração de 517 deficientes que estão no município do Mavinga, província do Cuando Cubango, ex-militares das FALA e suas famílias.

A ANDA existe desde 2003 e controla cerca de 57 mil e 917 associados.

- Publicidade -
- Publicidade -

Última Hora: Trump anuncia saída dos EUA da Organização Mundial de Saúde

Presidente dos Estados Unidos diz que vai redirecionar os fundos destinados à OMS para outras organizações. Durante uma conferência de imprensa, esta sexta-feira, Donald Trump...
- Publicidade -

Covid-19: Criança de um mês entre quatro novos casos positivos

Um bebé de um mês, do sexo masculino, faz parte dos quatro novos casos positivos da covid-19 registados no país, nas últimas 24 horas,...

SJA quer incentivos à comunicação social privada

O secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA), Teixeira Cândido, sugeriu, esta sexta-feira, a criação de incentivos aos órgãos de comunicação social privados, para...

Benguela despede-se de Dom Óscar Braga

Num misto de tristeza e gratidão, personalidades de vários segmentos da sociedade angolana estiveram, esta sexta-feira, na Sé Catedral, para prestar uma última homenagem...

Notícias relacionadas

Última Hora: Trump anuncia saída dos EUA da Organização Mundial de Saúde

Presidente dos Estados Unidos diz que vai redirecionar os fundos destinados à OMS para outras organizações. Durante uma conferência de imprensa, esta sexta-feira, Donald Trump...

Covid-19: Criança de um mês entre quatro novos casos positivos

Um bebé de um mês, do sexo masculino, faz parte dos quatro novos casos positivos da covid-19 registados no país, nas últimas 24 horas,...

SJA quer incentivos à comunicação social privada

O secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA), Teixeira Cândido, sugeriu, esta sexta-feira, a criação de incentivos aos órgãos de comunicação social privados, para...

Benguela despede-se de Dom Óscar Braga

Num misto de tristeza e gratidão, personalidades de vários segmentos da sociedade angolana estiveram, esta sexta-feira, na Sé Catedral, para prestar uma última homenagem...

Live de Né Gonçalves hoje às 18 horas no Programa Constelações, da Rádio Nacional de Angola

O cantautor Né Gonçalves vai conviver hoje com os seus fãs, no programa Constelações da Rádio Nacional de Angola. Trata-se de um encontro onde...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.