Portal de Angola
Informação ao minuto

PRS encoraja governo a prosseguir com combate à corrupção

Militantes do PRS (DR)

O secretário provincial do Partido de Renovação Social (PRS) em Benguela, Francisco Chilala, encorajou, quarta-feira, o governo a prosseguir com as acções de combate à corrupção para que os autores sejam responsabilizados criminalmente, devolvendo os bens de que se apossaram indevidamente ao Estado, avança a Angop.

Falando numa conferência de imprensa, em que fez o balanço do encontro regional do partido, que decorreu a 23 do corrente na cidade do Huambo e que abordou a preparação do processo autárquico, disse que os secretários provinciais do PRS no centro do país (Benguela, Huambo, Bié e Cuanza-sul) encorajam o governo a continuar também com as operações resgate e transparência, para a reposição da autoridade do Estado, sem prejudicar os “pobres” que lutam para conseguir sustentar as suas famílias.

Segundo o responsável, os secretários aconselham o governo a criar condições dignas para a venda ambulante e o exercício da actividade de moto-taxista, bem como a capacitar cívica e moralmente todos os agentes da Polícia Nacional envolvidos nas referidas operações, para não cometerem atropelos a lei.

“Pedimos ainda que se melhore a condição de vida económica dos angolanos, que estão cada vez mais miseráveis, cumprindo assim com as promessas eleitorais de 23 de Agosto de 2017 e que olhem ainda para o trabalho forçado e a má remuneração que algumas empresas estrangeiras têm levado a cabo (chinesas, entre outras), violando a Lei Geral do Trabalho”, disse.

Na ocasião, Francisco Chilala felicitou as mulheres angolanas pelo mês de Março e encorajou-as a continuarem firmes na luta pelo bem-estar da população.

O secretário frisou que o PRS solidariza-se e endereça às famílias enlutadas pelas enxurradas, este mês, em Benguela, Catumbela e Lobito, bem como no Chipindo (Huíla), devido ao deslizamento de terra numa mina de ouro.

Dezasseis pessoas morreram em consequência de fortes chuvas na província de Benguela, este mês, bem como 13 garimpeiros acabaram por perder a vida no município de Chipindo, província da Huíla, devido ao deslizamento de terra numa mina artesanal de ouro.

O responsável deu a conhecer, por outro lado, que o PRS vai promover de 15 a 17 de Maio deste ano, na cidade do Huambo, uma formação sobre autarquias, seguindo o paradigma inicial de autarquias em todos os municípios, obedecendo o tipificado na Constituição da República de Angola.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »