- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Acusado de matar Marielle teria jogado armas no mar; Marinha faz buscas

Acusado de matar Marielle teria jogado armas no mar; Marinha faz buscas

Segundo testemunha, dois homens teriam usado um barco para descartar as peças; eles saíram de casa usada como oficina para a construção do armamento, escreve o Notícias ao Minuto.

Testemunha ouvida pela Divisão de Homicídios da Capital dentro das investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes contou que foram jogados, no mar da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, seis armas, uma bolsa e uma caixa lacrada.

O material seria de um dos acusados pela morte da vereadora, o militar reformado Ronnie Lessa, preso no último dia 12, durante a Operação Lume. Ele é apontado como sendo o responsável pelos disparos fatais. O ex-PM Élcio Queiroz, acusado de dirigir o veículo usado no crime, e um morador de um imóvel no Méier, onde foram encontrados fuzis, Alexandre Mota Souza, também foram presos.

A Marinha tem realizado buscas no mar, na tentativa de localizar as armas, a bolsa e a caixa. Dois homens teriam saído da casa no Pechinha, Zona Oeste, usada como oficina para construção do armamento, a fim de descartar as peças. Para isso, usaram um barco, no dia 14 de março. A casa onde as armas eram construídas não tinha sequer geladeira ou fogão, segundo a Polícia e o Ministério Público, de acordo com informações do portal G1.

Ainda segundo o G1, o descarte no mar teria acontecido pouco antes de a especializada e o MP encontrarem o local onde Ronnie Lessa construía as armas, depois de receber as peças.

- Publicidade -
- Publicidade -

Portugal no top 10 dos países europeus com mais casos por 100 mil habitantes

De acordo com os novos dados do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC) relativos aos últimos 14 dias, Portugal é o...
- Publicidade -

Deputado pede à PGR que Pazuello responda por ação de improbidade

Na última semana, o jornal Estadão divulgou que quase 7 milhões de testes de covid-19 podem ir para o lixo, uma vez que o...

ONU condena “racismo estrutural” do Brasil após homicídio de homem negro por seguranças brancos

A ONU declarou na semana finda que o espancamento mortal de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro, por parte de seguranças brancos no...

Chuvas desalojam cerca de 30 famílias

Cerca de 30 famílias, das aldeias de Soquete e Benfica, na comuna do Cambuengo, município do Mungo, província do Huambo, estão desalojadas em consequência...

Notícias relacionadas

Portugal no top 10 dos países europeus com mais casos por 100 mil habitantes

De acordo com os novos dados do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC) relativos aos últimos 14 dias, Portugal é o...

Deputado pede à PGR que Pazuello responda por ação de improbidade

Na última semana, o jornal Estadão divulgou que quase 7 milhões de testes de covid-19 podem ir para o lixo, uma vez que o...

ONU condena “racismo estrutural” do Brasil após homicídio de homem negro por seguranças brancos

A ONU declarou na semana finda que o espancamento mortal de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro, por parte de seguranças brancos no...

Chuvas desalojam cerca de 30 famílias

Cerca de 30 famílias, das aldeias de Soquete e Benfica, na comuna do Cambuengo, município do Mungo, província do Huambo, estão desalojadas em consequência...

Caça furtiva ameaça a extinção de zebras

Espécies de animais, encontram-se em perigo de extinção devido à caça furtiva. Algumas espécies de animais, como zebras, avestruzes, búfalos, caumbas e impalas, existentes no...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.