Portal de Angola
Informação ao minuto

Guaidó completa dois meses como autoproclamado presidente sem romper apoio militar a Maduro

Afp

Juan Guaidó (Afp)

Com a popularidade em alta e amplo internacional, o líder da oposição Juan Guaidó completa neste sábado dois meses como auto-proclamado presidente interino de Venezuela, mas isto não foi suficiente para quebrar a lealdade dos militares a Nicolás Maduro.

Guaidó, chefe do Parlamento de maioria opositora, completa essa marca empenhado numa mobilização nacional em direcção ao palácio presidencial de Miraflores, numa data a definir, para assumir o governo.

Nesse novo capítulo da luta pelo poder no país, que o legislador baptizou de “operação liberdade”, ele percorre o país, e neste sábado lidera uma nova concentração em Barcelona (nordeste).

“Convocaremos para a fase máxima de pressão popular”, declarou na sexta-feira. Seguidores de Maduro também realizam manifestações neste sábado em Caracas.

Os últimos 60 dias foram vertiginosos, período em que Guaidó conquistou o reconhecimento de mais de 50 países liderados pelos Estados Unidos, além de reactivar os protestos e reunir em torno de si a dividida oposição.

No início de Março tinha uma aprovação de 61%, contra 14% de Maduro, segundo a empresa de pesquisa Datanálisis.

Grandes mobilizações comprovam esse respaldo, em meio a um agravamento da crise económica, com escassez de bens básicos e uma hiperinflação que o FMI projecta em 10.000.000% para 2019.

“Um cenário como o actual (…) era inimaginável em 2018”, disse à AFP o analista internacional Mariano de Alba, sobre a possibilidade de mudanças no governo.

Guaidó, engenheiro industrial de 35 anos, se auto-proclamou presidente interino após o Legislativo declarar Maduro “usurpador”, alegando que seu segundo mandato -iniciado em 10 de Janeiro- foi resultado de eleições fraudulentas.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »