- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo América do Sul Venezuela: Grupo de Lima condena "detenção ilegal" do chefe de gabinete de...

Venezuela: Grupo de Lima condena “detenção ilegal” do chefe de gabinete de Guaidó

O Grupo de Lima, que integra vários países latino-americanos e o Canadá, condenou hoje em comunicado a “detenção ilegal” do chefe de gabinete de Juan Guaidó, Roberto Marrero.

No comunicado, o Grupo de Lima exige que o “regime ilegítimo e ditatorial” de Nicolás Maduro liberte “imediatamente” Marrero e pede ainda o “pleno respeito da imunidade parlamentar” do deputado Sergio Vergara, vizinho do detido e cuja casa foi alvo de buscas.

Fazem parte do Grupo de Lima a Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai e Peru,

Roberto Marrero, advogado de profissão, foi detido hoje de madrugada na sua casa por cerca de 50 membros dos serviços secretos venezuelanos (SEBIN).

A crise política na Venezuela agravou-se em 23 de janeiro, quando o opositor e presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, se autoproclamou Presidente interino e declarou que assumia os poderes executivos de Nicolás Maduro, não reconhecendo a legitimidade do governo liderado por este.

Cerca de 50 países, incluindo os Estados Unidos e a maioria dos países da União Europeia, entre os quais Portugal, reconheceram Guaidó como presidente interino da Venezuela encarregado de organizar eleições livres e transparentes naquele país.

Na Venezuela, a crise tem tido repercussões políticas, económicas e humanitárias. No país residem cerca de 300.000 portugueses ou lusodescendentes.

Os mais recentes dados das Nações Unidas estimam que o número atual de refugiados e migrantes da Venezuela situa-se nos 3,4 milhões.

Só no ano passado, em média, cerca de 5.000 pessoas terão deixado diariamente a Venezuela para procurar proteção ou melhores condições de vida.

- Publicidade -
- Publicidade -

COVID-19: Casos da doença em Moçambique ascendem a 409 com mais 55 nas últimas 24 horas

O ministro da Saúde de Moçambique anunciou mais 55 casos do novo coronavírus, aumentando o total de acumulados para 409, dos quais 14 são...
- Publicidade -

Três gerentes da DirecTV, alvo de ordem de captura, se entregam na Venezuela

Três directores da plataforma por satélite DirecTV na Venezuela se entregaram nesta sexta-feira (5) às autoridades, que ordenaram sua captura após o encerramento das...

Covid-19: Sobe para 88 casos positivos e 24 recuperados em Angola

Angola registou, nas últimas 24 horas, mais dois casos positivos e três recuperados da covid-19, informou hoje, sábado, o secretário de Estado para a...

Portugal: Angolanos contam com posto fixo para emissão do BI

Os angolanos residentes em Lisboa, que pretendam tratar o Bilhete de Identidade e o Registo Criminal, vão contar, a partir de segunda-feira (08) ,...

Notícias relacionadas

COVID-19: Casos da doença em Moçambique ascendem a 409 com mais 55 nas últimas 24 horas

O ministro da Saúde de Moçambique anunciou mais 55 casos do novo coronavírus, aumentando o total de acumulados para 409, dos quais 14 são...

Três gerentes da DirecTV, alvo de ordem de captura, se entregam na Venezuela

Três directores da plataforma por satélite DirecTV na Venezuela se entregaram nesta sexta-feira (5) às autoridades, que ordenaram sua captura após o encerramento das...

Covid-19: Sobe para 88 casos positivos e 24 recuperados em Angola

Angola registou, nas últimas 24 horas, mais dois casos positivos e três recuperados da covid-19, informou hoje, sábado, o secretário de Estado para a...

Portugal: Angolanos contam com posto fixo para emissão do BI

Os angolanos residentes em Lisboa, que pretendam tratar o Bilhete de Identidade e o Registo Criminal, vão contar, a partir de segunda-feira (08) ,...

Milhares vão às ruas do Reino Unido contra o racismo e a violência policial

Neste sábado (6), protestos no Reino Unido contra o racismo e a violência policial ecoaram as manifestações que ocorrem nos Estados Unidos em decorrência...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.