Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Oito pessoas desparecidas devido a chuva no Lubango

CONSEQUÊNCIAS DAS CHUVAS NO LUBANGO (FOTO: PEDRO PARENTE)

Oito pessoas, entre as quais cinco crianças, estão desaparecidas em consequências da forte chuva que durante quatro horas assolou a cidade do Lubango, província da Huíla, no final de terça-feira.

Segundo o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros da Huíla, os desaparecidos terão sido arrastados pelas correntezas dos rios Capitão e Mukufi, sendo que as crianças andavam juntas.

Em 2016, 37 pessoas morreram no rio Capitão devido a chuva.

Em declarações hoje (quarta-feira) à Angop, o porta-voz dos Bombeiros na Huíla, Inocêncio Hungulo, disse que o desaparecimento foi notificado pelos familiares e buscas estão a ser feitas para localizar essas pessoas.

Disse estarem até agora contabilizadas 103 casas inundadas, sobretudo nos bairros Minhota, Comercial, Nambambe, Sofrio e Mitcha.

No processo de busca estão também envolvidos familiares dos desaparecidos, mas até agora ainda nenhum corpo foi localizado.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »