- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Oceania Já é segunda-feira em Christchurch e a cidade procura voltar à rotina

Já é segunda-feira em Christchurch e a cidade procura voltar à rotina

Há segurança reforçada, com helicópteros a sobrevoar a cidade. As escolas reabriram hoje, depois de toda a cidade ter sido encerrada na sequência do ataque, escreve o Notícias que cita a Lusa.

Na passada sexta-feira, a Nova Zelândia viveu aquele que foi descrito por Jacinda Ardern, a primeira-ministra do país, como “um dos dias mais negros” da sua história.

Um homem suspeito de ser supremacista branco, entrou em duas mesquitas armados e matou pelo menos 50 pessoas, ferindo ainda outras dezenas.

Dada a diferença horária, à hora a que este texto é publicado (21h de domingo) são já 10h da manhã de segunda-feira, naquele país. Depois de um fim de semana de luto e consternação, mas também sinais de união, este primeiro dia útil após o ataque marca também a tentativa de regresso à normalidade de uma cidade acabada de sair de uma tragédia.

A polícia adiantou que a segurança seria reforçada. Conta a Reuters que esta manhã há vários helicópteros a sobrevoar a cidade. “Para se sentirem seguros para irem tratar das vossas coisas do dia a dia”, realçaram as autoridades à população local. As escolas foram reabertas depois de terem sido fechadas de urgência na sexta-feira, na sequência do ataque.

O autor do ataque terrorista foi formalmente acusado de homicídio no sábado, altura em que foi presente a tribunal, tendo ficado em prisão preventiva. Nesta segunda-feira, recomeça também o debate sobre a legislação relativa às armas no país – uma garantia dada pelo governo local, que prometeu mudanças, nomeadamente a proibição de armas semi-automáticas como as que o terrorista usou.

Entretanto, têm sido conhecidas algumas das identidade e histórias das vítimas. As autoridades asseguraram que iam tentar ser o mais rápido quanto possível no processo de condução das autópsias, para que os familiares possam começar a enterrar os corpos das vítimas. Em alguns casos, os corpos serão trasladados para os países de origem.

- Publicidade -
- Publicidade -

Nyusi e Momade marcam novo arranque desmobilização e reintegração dos militares da Renamo

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, na oposição, Ossufo Momade, retomaram nesta sexta-feira, 5, na província de Sofala o...
- Publicidade -

Revitalização do parque industrial exige mais abertura do Governo

A revitalização do parque industrial da província do Huambo, considerado, até 1991, como segundo maior do país, exige uma maior abertura por parte do...

Guaidó está na embaixada da França em Caracas, diz chanceler venezuelano

O líder opositor Juan Guaidó está na embaixada da França em Caracas, disse o chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, três dias depois de o...

Huambo luta para ser a “capital ecológica” de Angola

Esta sexta-feira, 5 de Junho, assinala-se o Dia Mundial do Ambiente. Em Angola, o Huambo luta há anos para ter o título de "capital...

Notícias relacionadas

Nyusi e Momade marcam novo arranque desmobilização e reintegração dos militares da Renamo

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, na oposição, Ossufo Momade, retomaram nesta sexta-feira, 5, na província de Sofala o...

Revitalização do parque industrial exige mais abertura do Governo

A revitalização do parque industrial da província do Huambo, considerado, até 1991, como segundo maior do país, exige uma maior abertura por parte do...

Guaidó está na embaixada da França em Caracas, diz chanceler venezuelano

O líder opositor Juan Guaidó está na embaixada da França em Caracas, disse o chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, três dias depois de o...

Huambo luta para ser a “capital ecológica” de Angola

Esta sexta-feira, 5 de Junho, assinala-se o Dia Mundial do Ambiente. Em Angola, o Huambo luta há anos para ter o título de "capital...

Jérôme Boateng: “As crianças não nascem racistas”

Após o assassinato de George Floyd, os jogadores da Bundesliga pronunciaram-se contra o racismo. O futebolista alemão Jérôme Boateng falou com a DW sobre...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.