Portal de Angola
Informação ao minuto

Número de mortos em ataque a mesquitas na Nova Zelândia sobe para 49

(Reuters)

Segundo a polícia um homem já foi acusado de homicídio, avança o Notícias ao Minuto.

Duas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia, foram alvo de dois ataques que mataram, pelo menos, 49 pessoas e fizeram 48 feridos graves. Segundo o comissário da polícia, Mike Bush, em conferência de imprensa, 41 das vítimas mortais morreram na mesquita de Masjid Al Noor e sete morreram no Centro Islâmico de Linwood, uma última morreu após ser transportada para o hospital.

Quatro pessoas foram detidas relacionadas com o ataque – três homens e uma mulher. Um dos homens já foi acusado de homicídio e de acordo com Bush trata-se de um homem na casa dos 20 anos que vai ser presente em tribunal esta sexta-feira de manhã.

Nenhuma das pessoas detidas estava em algum registo de vigilância terrorista, incluindo na Austrália, referiu ainda o comissário.

A polícia desativou ainda vários engenhos explosivos que se encontravam numa viatura junto a uma das mesquitas.

Um dos suspeitos transmitiu em direto para as redes sociais o momento em que entra numa das mesquitas e começa a disparar indiscriminadamente. Esse homem foi identificado como Brenton Tarrant, um australiano de 28 anos, que também publicou online um manifesto anti-imigrantes de 87 páginas no qual justificava os ataques.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »