Portal de Angola
Informação ao minuto

Milionários dos EUA superam população de Portugal

Coletes amarelos de Portugal (DR)

O número de famílias ricas nos EUA atingiu um novo recorde no ano passado e é praticamente equivalente a toda a população da Suécia ou de Portugal, apurou o Jornal de Negócios.

Mais de 10,2 milhões de famílias registaram um património líquido entre um milhão e cinco milhões de dólares, sem incluir o valor da sua primeira residência, segundo um estudo da Spectrem Group. O número subiu 2,5% em relação a 2017.

Apesar da expansão do grupo de ricos, o ritmo diminuiu devido ao “enfraquecimento do crescimento económico global e ao ambiente político polémico nos EUA”, revelou o presidente da Spectrem Group, George Walper.

O número de famílias com riqueza líquida ultraelevada – com entre cinco milhões e 25 milhões de dólares em ativos – cresceu 3,7%, para cerca de 1,4 milhões em número, e o total de famílias com mais de 25 milhões de dólares cresceu cerca de 0,6%, para 173.000, segundo o mesmo estudo.

O número de americanos na categoria dos mais ricos mais do duplicou desde a Grande Recessão, revelou a análise, apesar de o ritmo de aumento ter perdido força.

“Parte desta desaceleração na geração de riqueza deve-se, em parte, à moderação dos mercados de ações após quase uma década de retornos muito fortes, em conjunto com os primeiros efeitos da reforma tributária nas famílias ricas”, revelou Greg Soueid, chefe de gestão de riqueza da Treliant. “Apesar disso, a taxa de crescimento das famílias ricas continua a superar as taxas de crescimento da classe média.”

Os resultados da Spectrem foram baseados em entrevistas com mais de 2.300 famílias ricas, 4.450 famílias milionárias e 1.850 investidores com riqueza líquida ultraelevada. O estudo tem uma margem de erro de 4%.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »