Portal de Angola
Informação ao minuto

CASA-CE: Alexandre Sebastião André rende ‘Miau’ no Parlamento

Alexandre Sebastião (DR)

O membro do colégio presidencial da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE), Alexandre Sebastião André, vai liderar o Grupo Parlamentar desta formação política, em substituição de André Mendes de Carvalho, eleito como novo membro coordenador da coligação.

Segundo uma fonte da CASA-CE, citdo pelo NJOnline, que confidenciou a informação ao NJOnline, o membro do colégio presidencial, Manuel Fernandes, que era apontado como favorito ao cargo, não pode ocupar o cargo, face aos desafios políticos que se avizinham, já que ele é o coordenador da organização para a acção política.

“Estão a chegar as eleições gerais e autárquicas, o coordenador da Organização para a Acção Política, o deputado Manuel Fernandes, terá muita tarefa nesta área, por isso, a CASA-CE apostou no deputado Alexandre Sebastião André, que é coordenador dos assuntos Iinstitucionais e jurídicos da coligação para liderar a bancada parlamentar”, acrescentou a fonte.

Segundo a mesma fonte, ainda não está decidido se o novo coordenador da CASA-CE, André Mendes de Carvalho, vai renunciar ao cargo de deputado para dedicar-se exclusivamente à liderança da coligação.

Recorde-se que a CASA-CE foi fundada em 2012 e é uma coligação de seis partidos políticos – Bloco Democrático (BD), Partido Pacífico Angolano (PPA), Partido Apoio para Democracia e Desenvolvimento de Angola – Aliança Patriótica (PADDA-AP), Partido Aliança Livre de Maioria Angolana (PALMA), Partido Nacional de Salvação de Angola (PNSA) e Partido Democrático Popular de Aliança Nacional de Angola (PDP-ANA).

Nas primeiras eleições gerais em que participou, em 2012, a CASA-CE elegeu oito dos 220 deputados à Assembleia Nacional, face aos seis por sento de votos obtidos (345.589), a mesma percentagem conquistada nas presidenciais, em que Chivukuvuku ficou em terceiro lugar.

Nas últimas eleições gerais, realizadas em Agosto de 2017, a CASA-CE aumentou quase para o dobro a sua votação a nível nacional em termos nominais (639.789 votos – 9,45%), duplicando o número de deputados (16), com Abel Chivukuvuku, antigo manteve-se na terceira posição.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »