- Publicidade-
Rádio Calema

Feliz ano novo

Diz a lenda que o ano efetivamente começa depois da festa de Momo, pois bem a festa, que no meu entendimento e concepção não se comemora nada e não tem o menor sentido, enfim acabou e agora talvez possamos começar a retomar os trabalhos, planos e projetos para o ano de 2019.

Portanto desejo um feliz ano novo e realizações positivas neste ano que torço para deslanchar como merecemos, em diversos aspectos, como o econômico, político, judiciário e social, que nossos desejos possam decolar.

Ano iniciado e quero continuar o que comecei desde a primeira semana deste ano, pelo menos no calendário, a de falar sobre engajamento social ou voluntariado se preferir.

Ano novo, vida nova, assunto requentado, mas importante, pois poucos são os veículos, como este que tem a preocupação de dar espaço ao assunto, que de requentado não tem nada, pois a todo momento surgem novas oportunidades, novos desafios para candidatos a voluntário e muitas ofertas de aprendizado. É assim que encaro as possibilidades existentes, grandes escolas para aprender coisas que as escolas tradicionais não nos ajudam a pensar, e não é culpa delas, é um sistema criado há muito tempo e que não mudou com o passar dos tempos e continua antiquado para abastecer um mundo ainda também antiquado, no voluntariado pelo menos.

O voluntariado como uma prática é pouco frequentado ainda de forma geral, poderia, eu arrisco dizer, deveria ser maior o engajamento, mas quantos de nós teve este assunto conversado e debatido em sala de aula?

Poucos ou quase nenhum, por isso ainda esta baixa participação, os que estão engajados hoje, foram na sua maioria expostos ao assunto nas suas práticas religiosas ou por familiares que se destacam como voluntários ou ainda por práticas conduzidas nas empresas, que tem aproximado as pessoas deste mundo do engajamento social com muita eficácia.

Isto posto, que tal começar a pensar no assunto requentado chamado voluntariado (engajamento social)? Vamos fazer este ano ser melhor do que os anteriores para nós e para aqueles que podemos ajudar de alguma forma? Vamos nos transformar em uma versão melhor de nós mesmos? Podemos mudar quase tudo, desde que tenhamos a coragem e a força para mudar a nós em primeiro lugar, a escola pode ajudar, mas a transformação é de cada um. Cada um se transformando, podemos pensar em tentar mudar o mundo. Vamos juntos, pois é mais gostoso ir em turma e mais fácil também.

*Roberto Ravagnani é palestrante, jornalista (MTB 0084753/SP), radialista (DRT 22.201), conteudista e Consultor especialista em voluntariado e responsabilidade social empresarial.

- Publicidade -
- Publicidade -

EUA preparam militares para conter protestos em Minneapolis enquanto tumultos se espalham pelo país

Após conversa entre Trump e seu secretário de Defesa, o Pentágono deu ordem para que 800 soldados da Polícia Militar americana estejam preparados para...
- Publicidade -

EUA ameaçam portos, empresas e governos caso ajudem petroleiros iranianos em direcção à Venezuela

Representante americano para a Venezuela disse que empresas, portos, governos e seguradoras poderiam encarar duras sanções caso prestem serviços a navios-tanque do Irão seguindo...

Merkel rejeita convite de Trump para participar do G7 presencialmente

A chanceler alemã Angela Merkel rejeitou o convite do líder norte-americano, Donald Trump, para participar da cimeira do G7 pessoalmente. A informação foi divulgada...

Adespov disponibiliza ajuda financeira para famílias vulneráveis

A Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social das Populações Vulneráveis (Adespov) tem disponíveis um milhão, 863 mil e 368 Euros para apoiar as famílias...

Notícias relacionadas

EUA preparam militares para conter protestos em Minneapolis enquanto tumultos se espalham pelo país

Após conversa entre Trump e seu secretário de Defesa, o Pentágono deu ordem para que 800 soldados da Polícia Militar americana estejam preparados para...

EUA ameaçam portos, empresas e governos caso ajudem petroleiros iranianos em direcção à Venezuela

Representante americano para a Venezuela disse que empresas, portos, governos e seguradoras poderiam encarar duras sanções caso prestem serviços a navios-tanque do Irão seguindo...

Merkel rejeita convite de Trump para participar do G7 presencialmente

A chanceler alemã Angela Merkel rejeitou o convite do líder norte-americano, Donald Trump, para participar da cimeira do G7 pessoalmente. A informação foi divulgada...

Adespov disponibiliza ajuda financeira para famílias vulneráveis

A Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social das Populações Vulneráveis (Adespov) tem disponíveis um milhão, 863 mil e 368 Euros para apoiar as famílias...

Malanje: Cambundi-Catembo terá mais escolas

O município de Cambundi-Catembo, na província de Malanje, poderá, a partir de 2021, inserir 2.430 crianças no sistema de ensino. O feito estará condicionado à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.