Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Benguela acolhe Fórum Empresarial Angola – Portugal

(Angop)

Um Fórum Empresarial Angola/Portugal acontece hoje, quinta-feira, na cidade de Benguela, numa organização da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (Aipex), visando dinamizar o ambiente de negócios entre os dois países.

Subdivido em três painéis, designadamente “Apoio ao investimento privado”, “Financiamento do sector produtivo” e “Relações económicas Angola/Portugal”, o encontro abarca vários temas a serem apresentados por especialistas angolanos e portugueses, apurou a Angop.

A disposição de espaços e terras, Política monetária e cambial para facilitação na realização do investimento privado, Políticas alfandegárias para facilitação das importações e exportações, dentre outros temas, serão apresentados por personalidades como o ministro da Agricultura, Marcos Nhunga, pelo seu homólogo português, Luís Santos, pelo governador do Banco Nacional de Angola, José de Lima Massano, ou pelo Presidente do Conselho de Administração da Autoridade Geral Tributária, Sílvio Burity.

Entre os moderadores, destaque para o Secretário de Estado da Economia, Sérgio dos Santos, o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portugal/Angola, João Traça, e o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, Bruno Bobone.

A cerimónia de abertura será presidida pelo Ministro de Estado para o Desenvolvimento Económico, Manuel José Nunes Júnior, antecedido de saudações de boas vindas do anfitrião, o governador de Benguela, Rui Falcão.

O Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, está a efectuar uma visita oficial de quatro dias a Angola, a convite do seu homólogo João Gonçalves Lourenço, e nesta quinta-feira deverá chegar a Benguela, proveniente da província da Huíla, a frente de uma vasta delegação de políticos e empresários portugueses.

Trocas comerciais

Dados oficiais apontam que, no primeiro trimestre de 2018, as exportações portuguesas atingiram 348,7 milhões de euros, o que representa uma quebra em relação ao mesmo período de 2017, com 449,1 milhões de euros.

Números do Instituto de Estatística de Portugal apontam que a estrutura dos principais grupos de mercadorias exportados para o mercado angolano mantém-se, com as máquinas e aparelhos no topo com 82,2 milhões de euros, seguidas dos produtos agrícolas (64,3 milhões de euros) e dos produtos químicos (37,586 milhões).

Os três principais grupos de produtos de mercadorias importados por Angola com origem em Portugal representam 52,8 por cento do total das exportações portuguesas para o mercado angolano.

Já as importações portuguesas de bens com origem em Angola beneficiaram um aumento de quase 100 por cento (99,93 por cento) entre Janeiro e Março deste ano em comparação com igual período anterior, isto é, passaram de 62,5 milhões de euros, em 2017, para 124,9 milhões de euros, em 2018.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »