Portal de Angola
Informação ao minuto

AugustoTomás: Instrução contraditória solicitada pelos advogados acontece amanhã

Augusto Tomás (DR)

O julgamento do antigo ministro angolano dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, acusado de envolvimento no desvio de fundos do Conselho Nacional de Carregadores, deve acontecer em breve, mas na quarta-feira, 6, haverá apenas uma instrução contraditória solicitada pelos advogados.

Antes, o porta-voz dos Serviços Penitenciários, Meneses Cassoma, garantiu à VOA que o julgamento começaria na quarta-feira, o que, não acontecerá segundo Sérgio Raimundo, advogado do antigo governante.

Augusto Tomás está detido desde 21 de Setembro e vai responder pelos crimes de peculato, violação das normas de execução do plano e orçamento, abuso de poder, branqueamento de capitais e associação criminosa.

“Fomos notificados para os dois dias úteis nesta semana no Tribunal Supremo o início do julgamento do cidadão Augusto Tomás”, disse o porta-voz dos Serviços Penitenciários, inspector-chefe-prisional Meneses Cassoma, adiantando não ter recebido qualquer notificação sobre o eventual julgamento do antigo antigo presidente do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno de Sousa dos Santos.

Entretanto, o advogado do antigo ministro, Sérgio Raimundo disse à VOA que até ao momento não foi feita a pronúncia e que o julgamento não tem data marcada.

“Enquanto equipa de defesa, solicitamos uma instrução contraditória que vai acontecer no Tribunal Supremo, mas a porta fechadas”, assegurou o defensor

Augusto Tomás está detido desde 21 de Setembro e vai responder pelos crimes de peculato, violação das normas de execução do plano e orçamento, abuso de poder, branqueamento de capitais e associação criminosa.

Tomás também foi ministro da Economia e Finanças, vice-ministro da Indústria e Comércio, governador de Cabinda, entre outros cargos, além de professor da Universidade Agostinho Neto

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »